Notícia

Plantão News (MT)

Fapesp anuncia mais 73 novos projetos selecionados pelo PIPE

Publicado em 10 abril 2018

A Fapesp apoiará 73 novos projetos selecionados em três chamadas de propostas: duas do Programa PIPE/PAPPE, no âmbito da parceria da Fundação com a Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), e outra do Programa Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas (PIPE). O anúncio foi feito em 5 de abril, na sede da Fundação.

O PIPE/PAPPE, que apoia o desenvolvimento industrial e comercial de produtos inovadores, financiará oito projetos de pesquisa e desenvolvimento de aplicativos para aumento da produtividade do setor agropecuário. O edital atendeu solicitação da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo. Seis das empresas selecionadas já contaram com recursos da Fapesp para testar a viabilidade técnica e/ou o protótipo do produto que agora pretendem levar ao mercado.

Na chamada PIPE/PAPPE para o desenvolvimento de inovação no combate a arboviroses o projeto aprovado utilizará o óleo de Artemisia annua L., utilizada no tratamento da malária, em aplicações cosméticas com ação repelente contra o Aedes aegypti. Alguns componentes do produto que a empresa de Soraya El Kathib – que leva o mesmo nome da pesquisadora responsável – quer oferecer ao mercado foram desenvolvidos pela S Cosmético do Bem com o apoio do PIPE.

O diretor científico da Fapesp, Carlos Henrique de Brito Cruz, anunciou também a relação dos 64 projetos aprovados no 3º Ciclo de Análise do PIPE 2017. As empresas selecionadas contarão com recursos da Fundação para testar a viabilidade técnica de uma ideia (Fase 1) ou desenvolver um produto (Fase 2).

Vários projetos envolvem tecnologia de manufatura aditiva. A 3D Biotechnology Solutions, por exemplo, contará com o apoio do PIPE para desenvolver uma impressora 3D para a produção de estruturas celulares tridimensionais, utilizando células vivas de “tecidos menos complexos”, conforme explicou a pesquisadora responsável, Ana Luiza Millas Massaguer, que, há dois anos, doutorou-se em Engenharia Química na Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) com bolsa da Fapesp.

Muitas empresas solicitaram recursos para desenvolver aplicativos mobile. A Milênio Bus, por exemplo, vai usar essa tecnologia para otimizar o sistema de mobilidade urbana em cidades paulistas. Os principais clientes serão as empresas concessionárias de transportes públicos.

A lista de projetos inclui Inteligência Artificial (AI, da sigla em inglês) e IoT, como é o caso da proposta da Shooper Comércio Alimentício, que utilizará essas tecnologias para automatização do suprimento recorrente de produtos em supermercados on-line, ou da Machiron Desenvolvimento de Sistema, que quer desenvolver um algoritmo de AI para auxiliar o diagnóstico de lesões hepáticas.

Chamadas abertas

Empresas com até 250 funcionários, interessadas em desenvolver projetos inovadores em tecnologia assistiva - produtos, processos e serviços em áreas como acessibilidade digital, órteses e próteses, reabilitação, lazer e transporte – têm prazo até o dia 18 de maio para apresentar propostas ao edital do Programa PIPE/PAPPE.

O edital de pesquisa para o desenvolvimento de inovação em Cidades Inteligentes – Grande Metrópoles, também no âmbito do Programa PIPE/PAPPE, também se encerra em 18 de maio.

O prazo para apresentação de propostas à chamada para o 2º Ciclo de Análises de 2018 do PIPE encerra em 18 de maio.

Agência Fapesp