Notícia

Jornal da Cidade (Bauru, SP) online

Fapesp anuncia instituições que receberão US$ 680 milhões

Publicado em 20 maio 2013

A Fapesp (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo) anunciou as 17 instituições que vão receber financiamento de longo prazo para pesquisa. São US$ 680 milhões que devem ser usados nos próximos 11 anos pelos Cepids (Centros de Pesquisa, Inovação e Difusão) espalhados pelo país.

Entre as instituições escolhidas estão o Centro de Pesquisa em Matemática Aplicada à Indústria, da USP, e o CTC (Centro de Terapia Celular), da USP de Ribeirão Preto (313 km de São Paulo).

"O financiamento de grande porte e de longo prazo permite ousar nos objetivos de pesquisa, garante a consolidação da equipe e, ao mesmo tempo, confere maior escala à pesquisa científica e tecnológica no Estado", disse o diretor científico da Fapesp, Carlos Henrique de Brito Cruz.

Os centros beneficiados, segundo a fundação, contarão ainda com fundos adicionais aportados por indústrias parceiras e por outras agências de fomento à pesquisa.

De acordo com Cruz, cada um dos centros será apoiado por um comitê consultivo internacional e os resultados e planos de pesquisa serão avaliados pela Fapesp no segundo, quarto e sétimo anos.

O CTC Ribeirão vai utilizar o financiamento em pesquisas com células-tronco, com foco na utilização em pacientes.

Segundo o vice-diretor do CTC, Dimas Tadeu Covas, 30 subprojetos estão inscritos para serem realizados no período. Oito pesquisadores principais, 20 pesquisadores associados e mais 11 colaboradores estrangeiros farão parte das pesquisas, além de estudantes.

O CTC já tinha sido beneficiado pelo financiamento da Fapesp, em 2001.

Os outros centros de pesquisa estão voltados para temas como obesidade, nutrição, neurociência e neurotecnologia, descoberta de novas drogas e genoma humano.

Folhapress