Notícia

TN Petróleo online

Fapesp amplia Programa PIPE e aumenta valor de financiamento para pequenas empresas

Publicado em 22 maio 2012

O Programa de Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas (PIPE), da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp), sofreu mudanças para ampliar sua ação.
O valor máximo de financiamento para cada projeto na Fase 1 (Análise de Viabilidade Técnico-Científica) do programa passa de R$ 125 mil para R$ 200 mil. Para a Fase 2, de Desenvolvimento da Proposta de Pesquisa, o valor máximo aumentou de R$ 500 mil para R$ 1 milhão.
O PIPE também passa a ter mais um ciclo de análise anual. As propostas para o Programa serão avaliadas quatro vezes ao ano. Os prazos finais para apresentação de propostas para cada ciclo de análise são: 17 de fevereiro (1º ciclo), 18 de maio (2º ciclo), 10 de agosto (3º ciclo) e 29 de outubro (4º ciclo).
O PIPE também passa a aceitar propostas de empresas de pequeno porte com no máximo 250 empregados - até então o limite era de 100.
A Fapesp lança chamada de propostas para o 3º Ciclo de Análise em 2012. As propostas de financiamento devem conter projetos de pesquisa que podem ser desenvolvidos tanto na Fase 1 como na Fase 2.
A Fase 1, da demonstração da viabilidade tecnológica de um produto ou processo, tem duração máxima de nove meses e recursos de até R$ 200 mil. A Fase 2, do desenvolvimento do produto ou processo inovador, tem duração máxima de 24 meses e recursos de até R$ 1 milhão.
A instituição reservou até R$ 20 milhões para atendimento às propostas selecionadas na chamada. A data limite para apresentação é 10 de agosto.
 
Mais informações: www.fapesp.br



Fonte: Agência FAPESP