Notícia

ABES - Associação Brasileira das Empresas de Software

FAPESP amplia em R$ 15 milhões os recursos para pesquisas em pequenas empresas

Publicado em 04 julho 2016

Uma chamada de propostas para apoiar pesquisas tecnológicas em microempresas e empresas de pequeno porte no Estado de São Paulo está aberta até 1º de agosto, com valor total de R$ 15 milhões, disponibilizados pelo Programa FAPESP Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas (PIPE).

Serão financiados projetos de pesquisa em todas as áreas do conhecimento, voltados para o desenvolvimento de produtos, processos e serviços. Para obter o apoio, a pesquisa científica e/ou tecnológica aprovada deve ser executada em microempresas e empresas de pequeno porte, com até 250 empregados, sediadas no Estado de São Paulo.

Os projetos de pesquisa selecionados deverão ser desenvolvidos por pesquisadores que tenham vínculo empregatício com as empresas proponentes ou que estejam associados a elas para sua realização.

Outra característica importante do PIPE é que o pesquisador responsável deverá demonstrar conhecimento e competência técnica no tema do projeto, mas não precisa apresentar nenhum título formal, seja de graduação ou pós-graduação.

As propostas podem ser desenvolvidas em duas etapas. Primeiro, é preciso demonstrar a viabilidade tecnológica do produto ou processo proposto. Esta é a chamada Fase 1, para a qual os recursos aos projetos aprovados chegam a R$ 200 mil, para uso em até 9 meses. Na chamada Fase 2, o projeto pode receber até R$ 1 milhão para desenvolver o produto ou processo inovador, com prazo de até 24 meses.

Os projetos podem ser inscritos em qualquer uma das fases do Programa, exclusivamente por meio eletrônico, pelo Sistema de Apoio a Gestão (SAGe), no site da FAPESP. Até a data limite de 1º de agosto, as propostas podem ser corrigidas e ressubmetidas para análise ainda neste 3º Ciclo, que terá o resultado dos projetos aprovados divulgado em 30 de novembro de 2016. Mais informações sobre o PIPE estão disponíveis em www.fapesp.br/pipe.