Notícia

180 Graus

Fapepi e pesquisadores discutem parceria com alemães

Publicado em 02 março 2012

Por Yara Pinho

Objetivo do encontro é de conhecer um pouco mais as parcerias que a DFG

O diretor no Brasil da Sociedade Alemã de Amparo à Pesquisa, a DFG, Dietrich Halm, está no Piauí, para uma série de encontros com pesquisadores, autoridades e entidades. O objetivo da sua vinda é conhecer uma pouco mais da realidade dos pesquisadores, projetos de pesquisa e das instituições de ensino e pesquisa do Estado e divulgar as parcerias que a instituição de fomento à pesquisa alemã vem desenvolvendo internacionalmente.

A presidente da Fundação de Amparo à Pesquisa (Fapepi), Bárbara Melo, o assessor especial do Governo do Estado do Piauí para Relações Internacionais, Uwe Weibrecht, e a deputada estadual Belê organizaram uma programação extensa de visitas e reuniões. Nessa quarta-feira (29), vários pesquisadores e pró-reitores de universidades, entre elas a Federal do Piauí (UFPI), Estadual do Piauí (Uespi), o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Piauí (IFPI), além da Embrapa Meio Norte, estiveram com o diretor Halm.

O objetivo do encontro foi conhecer um pouco mais as parcerias que a DFG realiza com instituições brasileiras, apresentar o panorama em que se encontra o Estado do Piauí em relação à CT&I. Bárbara Melo disse que outras Fundações de Amparo à Pesquisa (FAPs) no Brasil, como a Fapesp e a Fapemig, possuem parcerias, em forma de convênios com a sociedade alemã, e que o objetivo da Fapepi é estreitar os laços com a DFG para o surgimento de convênios futuros. Bárbara também acompanhou o Dr. Halm em visitas a laboratórios da UFPI, entre eles o Laboratório de Imonogenética e Biologia Molecular (LIB), e, na parte da tarde, o encontro foi com os pesquisadores da Embrapa Meio-Norte.

Dietrich Halm disse que já conhece o Piauí desde 1995, quando esteve na região de Picos e que gostaria de conhecer um pouco mais a realidade atual do estado, em relação ao crescimento da ciência. A deputada Belê, que é membro do Conselho Superior da Fapepi, também participou da reunião e disse que as parcerias com organizações internacionais são interessantes para o fortalecimento da educação, da ciência e, portanto, do desenvolvimento do Estado.

Halm informou que a DFG fomenta a pesquisa na Alemanha e tem como membros universidades e fundações. O seu objetivo é obter excelência acadêmica sobre bases competitivas, enfatizar a pesquisa básica, apoiar os pesquisadores jovens, incentivar laços entre a indústria e a pesquisa e criar cooperação internacional na pesquisa. A organização possui escritórios nos Estados Unidos, Rússia, Japão, China, Índia e, desde 2011, no Brasil, sendo a sede do escritório em São Paulo.

No site da DFG tem mais informações sobre cooperações bilaterais, sobre, por exemplo, como receber financiamento para desenvolver projetos de pesquisa na Alemanha e muito mais.