Notícia

O Liberal (Americana, SP)

Fantasia de artistas

Publicado em 23 janeiro 2014

Por Karina Pilotto

O artista visual paranaense e acadêmico do curso de Artes Visuais do IA (Instituto de Artes) da Unicamp (Universidade Estadual de Campinas), Bruno Moreschi, está expondo na Galeria de Arte Unicamp a mostra do livro "Art Book - A Construção de Uma Enciclopédia de Artistas", realizada por ele com 50 artistas fictícios. A mostra está em cartaz desde a última terça-feira e pode ser vista até o próximo dia 31, de segunda à sexta-feira, das 9h às 17h, com entrada gratuita. Os interessados em conferir uma parte da exposição online podem acessá-la pelo site www.iar.unicamp.br/galeria/brunomoreschi. Em entrevista ao LIBERAL na última terça-feira, Moreschi falou sobre sua enciclopédia "de mentirinha", com cara de real.

Moreschi produziu uma enciclopédia, tipo de publicação comum na História da Arte, que apresenta um diferencial inédito entre as demais do gênero. Todo o conteúdo do livro é inteiramente fictício. O trabalho apresenta biografias, imagens de trabalhos e declarações de 50 artistas e imagens de suas mais de 300 obras feitas em tamanho real. Todo o projeto "Art Book", inclusive as obras fotografadas, os textos e a diagramação das páginas, foi produzido pelo próprio artista. Isso inclui pinturas, fotografias, desenhos, esculturas, instalações e performances, com atores dirigidos por Moreschi. O resultado do trabalho é uma publicação em português, inglês e espanhol, que se assemelha a outras enciclopédias verdadeiras encontradas em bibliotecas e livrarias.

"A ideia da enciclopédia surgiu a partir da observação do sistema das artes visuais, seu modo de funcionamento, os personagens e elementos que atuam nele. A partir dessa observação, decidi realizar uma obra que investigasse parte do funcionamento desse sistema, no caso, a legitimação de supostos artistas e suas obras em um também suposto livro de arte", explica o autor. A enciclopédia tem cerca de 300 páginas, e o artista ainda não tem pretensões de disponibilizá-la no mercado. "Ainda não tenho nada confirmado com editoras e afins. Portanto, não posso responder se o projeto será lançado por uma editora", observa Moreschi.

De acordo com o paranaense, agora radicado em São Paulo, a exposição na Galeria de Arte Unicamp é composta pelo conteúdo do livro. "O público pode sentar em uma mesa e folheá-lo, e também há alguns painéis com estudos que mostram como a enciclopédia foi produzida. Surgiram dificuldades comuns no decorrer desta obra, pois é um projeto que envolve muito trabalho. Entretanto, tudo foi finalizado no prazo estipulado e, na medida do possível, como eu esperava", destaca Moreschi, que levou cerca de três anos para concluir a enciclopédia fictícia.

A obra e a pesquisa foram parcialmente financiadas pela Fapesp (Fundação de Amparo à Pesquisa de São Paulo), pela Funarte (Fundação Nacional de Artes) e por uma residência artística em Coimbra, Portugal, da Auip (Associação Iberoamericana de Pós-Graduação). O trabalho foi orientado pela professora Lygia Arcuri Eluf, que assina o texto da exposição. No dia 31 de janeiro, durante o encerramento da mostra "Art Book", Moreschi realizará sua defesa de mestrado, onde explicará melhor como foi a experiência de ter realizado a obra. O evento será aberto ao público. "Não acho que a exposição prejudicará a defesa do mestrado. Acho que são duas coisas diferentes, um é a exibição de um trabalho para um público geral, e outro é algo mais específico, mais ligado aos resultados da pesquisa acadêmica que realizei ao produzir esse trabalho", finaliza.

ACONTECE

A exposição "Art Book - A Construção de Uma Enciclopédia de Artistas" pode ser vista de segunda à sexta-feira, das 9h às 17h, até o próximo dia 31. A entrada é gratuita. A Galeria de Arte Unicamp fica na Rua Sérgio Buarque de Holanda, s/n, Barão Geraldo. Informações pelo telefone (19) 3521-6561 ou 3521-7453, ou site www.iar.unicamp.br/galeria.

CAMPINAS