Notícia

O Especialista

Falta de movimento corporal é vilão do isolamento

Publicado em 18 maio 2021

A falta de movimento corporal das pessoas que estão em isolamento social está piorando a saúde até de quem era considerado sedentário antes da pandemia .

A conclusão é de um estudo da Universidade de São Paulo (USP), que acompanhou mulheres entre 50 e 70 anos nas primeiras 16 semanas de isolamento social .

“Muitos acham que porque fizeram uma hora de exercícios estão liberados para ficar sentados o resto de suas horas livres em frente à TV”, disse João Ribeiro de Lima, da equipe de pesquisadores, à Fapesp, apoiadora da pesquisa.

“Não é bem assim: é fundamental diminuir o sedentarismo, que é o tempo que se passa sentado ou deitado.”

Prática pontual de exercício não compensa falta de movimento corporal

A pesquisa tinha como objetivo inicial acompanhar os resultados de um protocolo de exercícios caseiros em pessoas entre 50 e 70 anos.

Os pesquisadores da Escola de Educação Física e Esporte da USP perceberam, porém, que a falta de “brincadeiras com os netos, passeios no shoppings e caminhadas até o ponto de ônibus” têm um impacto maior do que a prática pontual de exercícios.

As pessoas estudadas eram todas mulheres com mais de 50 anos. Coletas de sangue mostraram que quase todas tiveram pioras sérias de índices como o aumento de colesterol e triglicérides.

Essas pioras, por sua vez, levam a problemas graves de metabolismo e doenças crônicas, como diabetes.

Não houve mudança de cardápio nas mulheres acompanhadas pelo estudo. O que deixou claro que a perda de saúde se deu principalmente pela falta de movimentação corporal dessas pessoas.

Exercícios dão suporte psicológico a quem está isolado

Segundo o professor Carlos Bueno Junior, que assina o artigo na publicação científica, os exercícios em casa podem ajudar e oferecem também suporte psicológico às pessoas que estão isoladas.

Mas só a falta dos movimentos corporais rotineiros foi responsável por perdas importantes, como mais de 5% de massa magra corporal, muito, para quem, nessa faixa, já tem a musculatura reduzida.

Essa notícia também repercutiu nos veículos:
UOL G1 SBT IstoÉ Dinheiro online Jornal de Itatiba online Cidade Revista Bahia.ba Portal da Enfermagem Leiamais.ba Quimiweb InfoHealth FOCEP Brasil Consecti - Conselho Nacional de Secretários Estaduais para Assuntos de CT&I Rádio Vale FM 102,3 (Bahia) Rádio Costa Sul FM Andaiá FM Agora Região El Diario de Guayana (Venezuela) online Rádio Jaraguar RBR Notícias Novo Cantu Notícias Blog Jornal da Mulher Noticias de Contagem online Paranashop Dom Total Acontece Botucatu Veja Saúde online Xinhua Español (China) Jornal da Cidade (Bauru, SP) online Paranashop Dieta Diet Noticias RTV (Espanha) Saense Poder360 SBNotícias Portal Thathi Poliarquia Notícias Botucatu FEDAP - Fundação de Estudos para o Desenvolvimento da Administração Pública BSB Notícias Portal do Governo do Estado de São Paulo Mix Vale Agência de Notícias – Defesa Tribuna Ribeirão online O Grande ABC Jornal de Itatiba online Guarulhos em Destaque Jornal SP Norte Atibaia Folha de Valinhos online Beto Ribeiro Repórter Brasil em Folhas online Bomba Bomba Portal do MS Jornal Cidade - Rio Claro TV Assembleia - Assembleia Legislativa do Piauí (Alepi) Spreaker (EUA) People's Daily (China) eCycle Brasil em Folhas online Zona Sul Notícias TV RBR Capital News WH3 Zonatti Tech Omny.fm Notícias Metropolitanas online Ortocenter Teresina Notícia em Tempo Rádio Agência Nacional (EBC) Planeta Osasco Visão Notícias Saúde em Tela Achado Top Symplexia Dentistas na Net RW Cast Gazeta Web (PR) Rádio São Tomás FM 105.9 Blog Pedro Cavalcanti Programador