Notícia

Coisas de Cajazeiras

Faculdade Santa Maria promove palestra gratuita com o médico Drauzio Varella

Publicado em 18 abril 2021

Por Christiano Moura

A Faculdade Santa Maria realiza nesta segunda-feira (19) a Jornada Integrada com uma palestra inédita para o interior do nordeste, com o renomado médico cancerologista Drauzio Varella.

A palestra acontecerá pelo canal da Instituição no Youtube (FSM Cajazeiras) a partir das 19h, e tem como tema “Cuidados da saúde física e mental em tempos de pandemia”.

O momento com Drauzio Varella é um dos mais aguardados pelos setores educacionais e acontecerá totalmente de forma gratuita.

A diretora administrativa Sheylla Lacerda disse que a Jornada Integrada é um momento de grande importância para os universitários, professores e profissionais.

“Dr. Drauzio Varella é um profissional muito admirado e referência na saúde brasileira. Essa é uma oportunidade de aprendizagem para nossa comunidade acadêmica e uma troca rica de conhecimentos, além de tudo o tema tratado é bastante atual e necessário visto o momento pandêmico que vivemos”, disse.

A diretora Ana Goldfarb destacou o compromisso da Faculdade Santa Maria com a comunidade acadêmica.

‘’A palestra faz parte da Jornada Integrada da Faculdade Santa Maria, um evento exclusivo planejado para os discentes e docentes da instituição, com o objetivo de criar espaços de reflexão sobre a realidade social e as implicações na rotina acadêmica, bem como em outras instâncias da vida cotidiana’’ afirmou.

Aberta ao público, visto a importância do tema no atual cenário que estamos vivenciando, a palestra com o renomado médico Drauzio Varella foi aberta ao público.

A JORNADA INTEGRADA

O evento que foi programado e divido em três etapas dentro do primeiro semestre, está sendo realizado de forma gratuita nas plataformas digitais da Faculdade Santa Maria, uma das mais importantes instituições de ensino do Brasil

QUEM É DRAUZIO VARELLA?

Durante 20 anos, dirigiu o serviço de Imunologia do Hospital do Câncer (SP) e, de 1990 a 1992, o serviço de Câncer no Hospital do Ipiranga, na época pertencente ao INAMPS.

Foi um dos pioneiros no tratamento da AIDS, especialmente do sarcoma de Kaposi, no Brasil. Em 1986, sob a orientação do jornalista Fernando Vieira de Melo, iniciou campanhas que visavam ao esclarecimento da população sobre a prevenção à AIDS, primeiro pela rádio Jovem Pan AM e depois pela 89 FM de São Paulo.

Na Rede Globo, participou das séries sobre o corpo humano, primeiros socorros, gravidez, combate ao tabagismo, planejamento familiar, transplantes e diversas outras, exibidas no Fantástico.

Foi um dos pioneiros no tratamento da AIDS, especialmente do sarcoma de Kaposi, no Brasil.

Em 1986, sob a orientação do jornalista Fernando Vieira de Melo, iniciou campanhas que visavam ao esclarecimento da população sobre a prevenção à AIDS, primeiro pela rádio Jovem Pan AM e depois pela 89 FM de São Paulo.

Em 1989, iniciou um trabalho de pesquisa sobre a prevalência do vírus HIV na população carcerária da Casa de Detenção do Carandiru. Desse ano, até a desativação do presídio, em setembro de 2002, trabalhou como médico voluntário. Atualmente, faz o mesmo trabalho na Penitenciária Feminina de São Paulo.

Além disso, ele dirige também um projeto de bioprospecção de plantas brasileiras com o intuito de obter extratos para testá-los experimentalmente em células tumorais malignas e bactérias resistentes aos antibióticos. A pesquisa é realizada na região do baixo Rio Negro (AM), apoiado pela FAPESP, realizado nos laboratórios da Universidade Paulista e em colaboração com o Hospital Sírio-Libanês.