Notícia

Esteta

Exposições celebram 80 anos do Movimento Constitucionalista

Publicado em 11 julho 2012

Em celebração ao Movimento Constitucionalista de 1932 foi inaugurado, no dia 9 de julho, o projeto "SP, 1932: 80 anos do Movimento Constitucionalista", composto por uma exposição museológica e duas mostras virtuais.

A exposição sediada no novo edifício do Arquivo Público do Estado de São Paulo contextualiza como a insatisfação paulista pela perda de sua autonomia se transformou em um dos maiores movimentos armados da história do Brasil.

Por meio de documentos, fotografias e objetos, a mostra percorre um período de quatro anos, iniciado ainda em 1930 com a formação do Governo Provisório e as medidas intervencionistas de Getúlio Vargas.

Em cartaz até 2 de outubro, a exposição pode ser visitada gratuitamente de terça-feira a sábado, das 10h às 17h, na Rua Voluntários da Pátria, 576, em São Paulo.

Já no site do Museu da imigração, www.museudaimigracao.org.br, está disponível a mostra virtual "1932, acervos e memórias".

Mais do que a ambientação do conflito, o trabalho se dedica a reunir imagens e informações dos acervos ligados ao tema e que estão sob a guarda de instituições de preservação - museus, arquivos e bibliotecas - do estado de São Paulo.

O material é o primeiro produto da "São Paulo História em Rede", iniciativa da Secretaria de Estado da Cultura que visa construir um grande banco de dados virtual com as referências dos acervos dos museus históricos paulistas.

Por último, a exposição virtual "1932: a guerra paulista", com curadoria do Arquivo Público do Estado de São Paulo, está disponível no site www.arquivoestado.sp.gov.br/exposicao_1932.

Organizada em sete ambientes, a mostra passeia pelos principais acontecimentos do conflito, desde o panorama da política paulista à época, passando pelo cotidiano da batalha, as propagandas de guerra, até chegar à herança e ao legado deixado pelo movimento.

Mais informações: (11) 2089-8124.

Fonte: Agência FAPESP