Notícia

Urgente News

Exposições artísticas e Visitas Monitoradas aproximam Parlamento e cidadão

Publicado em 20 janeiro 2020

A Assembleia Legislativa de São Paulo sedia diversas exposições temporárias livres para visitação. Só no último ano, foram mais de 70 mostras de pinturas, esculturas, fotografias e as mais diversas expressões culturais.

Idealizada por um grupo de profissionais de gerontologia (estudo dos fenômenos fisiológicos, psicológicos e sociais relacionados ao envelhecimento do ser humano), a exposição “Fases do Envelhecimento” transportou para o Espaço Villas Boas da Alesp, fotografias de diversos idosos amparados pela Associação Congregação de Santa Catarina (ACSC), para mostrar que o envelhecimento é algo natural e merece ser apreciado pela sociedade.

Já com o intuito de valorizar o papel da mulher na sociedade e estimular a sua representatividade, a mostra “Mulheres Negras: cultura e protagonismo” trouxe à Alesp 27 painéis com fotografias de mulheres negras que se destacam em suas trajetórias. “Queremos provocar a reflexão. Procuramos desconstruir padrões que levam à discriminação da mulher negra na sociedade”, explicou a organizadora Kátia Trindade.

Aberto ao público das 8h às 20h30, o Palácio também recebe exibições informativas e científicas. Em outubro do último ano, o Espaço Cultural V Centenário acolheu a obra “Pesquisa é desenvolvimento”, idealizada pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp). Nela, os visitantes aprenderam um pouco sobre inovações desenvolvidas para a área da saúde, da agropecuária, do setor industrial e do empreendedorismo.

O artista que desejar expor suas obras precisa entrar em contato com a Divisão de Comunicação Social. Para ficar por dentro da programação, basta acessar a agenda pelo portal da Alesp https://www.al.sp.gov.br/.

Visitas monitoradas

Ao longo do ano, a Alesp também promove o Programa de Visitas Monitoradas voltado para grupos de estudantes, turistas e associações. Acompanhados por monitores, os participantes fazem uma visita completa aos espaços do Palácio 9 de Julho e conhecem os auditórios e plenários, onde acontecem reuniões temáticas e sessões legislativas.

No último ano, aproximadamente três mil pessoas participaram do programa e conheceram mais sobre a rotina do legislativo. Foi o caso dos 25 vereadores mirins do programa Parlamento Jovem da Câmara Municipal de Itapeva, que prestigiaram as exposições artísticas temporárias e o acervo permanente, além de acompanhar, as sessões legislativas e as reuniões das comissões.

Visitas internacionais também são bem-vindas, como a comitiva africana com 120 pessoas que veio conhecer um pouco sobre a Alesp e realizou uma apresentação musical étnica no plenário Juscelino Kubitschek.

As atividades ocorrem às terças, quartas e quintas-feiras, a partir das 14h, para grupos de no mínimo 15 e no máximo 50 visitantes, e devem ser previamente agendadas com a Divisão de Comunicação Social. A idade mínima recomendada é de 12 anos.