Notícia

Brasil123

Exercícios físicos podem reduzir efeitos da Covid-19

Publicado em 29 novembro 2020

A prática de exercícios físicos é uma das melhores estratégias para manter a saúde do corpo. Em primeiro lugar, quando alinhado a uma alimentação saudável, o hábito de exercitar-se diariamente contribui para o fortalecimento do corpo e dos músculos, diminuindo os efeitos negativos do envelhecimento. Além disso, nosso corpo e órgãos são beneficiados, uma vez que a prática ajuda na perda ou manutenção do peso. Como resultado, é possível combater problemas como o colesterol e a pressão arterial alta. Assim, nosso coração torna-se mais forte e saudável.

De acordo com um estudo da Universidade de São Paulo (USP), publicado na revista Autophagy, os exercícios aeróbicos seriam os principais responsáveis por proteger o coração. Do mesmo modo, esse tipo de atividade contribui para o aumento da nossa capacidade respiratória, fundamental no combate à diversas doenças, entre elas, a Covid-19. Igualmente, os exercícios físicos também podem promover uma série de outros benefícios para aqueles que o fazem diariamente. Por exemplo, aumento da felicidade, da autoconfiança diminuição do estresse e melhora na qualidade do sono.

Exercícios físicos no combate à Covid-19

Já é sabido que as pessoas que estão acima do peso fazem parte do grupo de risco para a Covid-19. Ou seja, essas pessoas possuem maior probabilidade de desenvolver a forma grave da doença, ou até mesmo vir a óbito em decorrência da infecção. Contudo, os exercícios físicos podem ser grandes aliados do corpo para o combate do vírus.

Segundo um estudo da FAPESP (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de SP), pessoas que praticam atividades físicas tem 34% menos chances de serem hospitalizadas em decorrência da Covid-19. O estudo, publicado no MedRxiv , foi feito foi feito de forma on-line com com 938 brasileiros. Acima de tudo, isso se deve ao melhor preparo físico desses pacientes. O estudo considerou fisicamente ativos aqueles que praticam até 150 minutos de atividades de intensidade média ou 75 minutos em alta intensidade por semana.

Essa notícia também repercutiu nos veículos:
UOL Portal R7 Estadão.com CNN (Brasil) TV Cultura Portal Exame TV Cultura Jornal do Commercio (PE) A Crítica (AM) Jornal Primeira Página Revista Pará Portal da Enfermagem Refugo Revista Viva Saúde online Portal Neo Mondo Planeta online Jornal da Ciência online Blog Saúde e Dicas El Cronista Comercial (Argentina) online Revista Fórum online Blog A Crítica Imagen Poblana (México) El Heraldo de Saltillo (México) online Arzo News Agora RN online Opinião (Rio Branco, Acre) online Coluna Supinando Terra Galileu online MSN Xinhua Español (China) Todo Segundo Time 24 News (EUA) Metropóles Veja Saúde online O Sul online Revista China Hoy (México) online SRZD - Sidney Rezende Blog do Silvinho Rádio Cidade Jundiaí Blog do Valente Biblioteca FMUSP Head Topics (Reino Unido) MSN GP1 Head Topics (Reino Unido) Noticias RTV (Espanha) InterD Repórter MT Núcleo - Luciano Lepera - Rede PT Portal Prudentino TV Assembleia - Assembleia Legislativa do Piauí (Alepi) NE10 Jornal Times Brasília Dom Total Blog Hourpress i7 News Índices Bovespa Folhamax Mix Vale Portal do Governo do Estado de São Paulo O Taboanense Saber Atualizado Sou Ecológico Revista Ecológico online Bomba Bomba Notícias Botucatu Diário do Taboão PPTA Soluções e Tecnologia Bomba Bomba Câmara Municipal de São Paulo A Cidade On (São Carlos, SP) São Carlos Agora Acontece Botucatu Jornal Folha da Terra (Itupeva, SP) online Jornal da Orla online Plantão News (MT) Jornal de Itatiba online Ouro Verde Mais O Grande ABC Guarulhos em Destaque APM- Associação Paulista de Medicina Terra Brasil Notícias O Sul Folha de Ibitinga Jornal Primeira Página online Beto Ribeiro Repórter Vida & Tal Leia Já Cuidaí Sempre Família Auge Magazine Valeando Jornal A Cidade Ubatuba Tribuna Liberal online Tribuna Liberal Jornal Primeira Página online Info Rondônia Esportividade