Notícia

Amazônia.org

Excursão científica pelo Solimões

Publicado em 28 março 2006

Agência FAPESP
Uma equipe de 26 pesquisadores começou a desenvolver as atividades para 2006 do projeto Desenvolvimento Rural e Sustentabilidade em Comunidades Ribeirinhas do Amazonas.
O grupo percorrerá cerca de 400 quilômetros do rio Solimões, entre Manaus e Coari, dando prosseguimento às coletas de dados ambientais e socioeconômicos do trecho onde ocorrem as atividades petrolíferas na região.
O projeto, com financiamento de R$ 500 mil do programa Fome Zero, visa a fortalecer a fruticultura e a agricultura nas comunidades do rio Solimões.  Ele nasceu dentro do programa Potenciais Impactos e Riscos Ambientais da Indústria do Petróleo e Gás no Amazonas (Piatam), que monitora as atividades do petróleo e gás natural na região.  Coordenado pela Universidade Federal do Amazonas (Ufam) e pela Petrobras, tem financiamento da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep).
Segundo a Finep, além de aprofundar o conhecimento científico sobre os ecossistemas amazônicos, o Piatam gera mapas de sensibilidade que podem subsidiar eventuais contingências na indústria de petróleo e derivados na região.
Horta Comunitária, Fruticultura, Produção e Processamento da Malva e Formação de Liderança e Fortalecimento da Organização Sociopolítica Comunitária são os subprojetos da primeira excursão do programa em 2006, que saiu na sexta-feira (24/3) e tem retorno previsto para 4 de abril.
Como tem sido desde 2000, a excursão ocorre quatro vezes por ano, durante as diferentes estações hidrológicas dos rios (cheia, seca, vazante e enchente).
Mais informações: www.piatam.ufam.edu.br