Notícia

FEMA

Ex-aluno de Química da FEMA é aprovado em Mestrado na UFSCar

Publicado em 11 agosto 2011

O ex-aluno do curso de Química da FEMA (Fundação Educacional do Município de Assis), Guilherme Silveira de Moraes, foi aprovado, em ótima colocação, no programa de pós-graduação de Engenharia Química na UFSCar (Universidade Federal de São Carlos). Desenvolvendo estudo para o mestrado na área de Engenharia Bioquímica, Moraes terminou sua graduação na Instituição assisense no ano passado, dando continuidade em 2011 no processo de pesquisa.

O projeto de pesquisa de Moraes foi produzido ainda durante a sua graduação na FEMA, no Programa de Iniciação Científica (PIC), sob orientação da Profa. Dra. Mary Leiva de Faria e co-orientação de Rafael Elias Martins. Para a professora, e também coordenadora do curso de Química da Instituição, a aprovação do aluno "só vem reforçar a qualidade do curso de Química, auxiliando no desenvolvimento pessoal do aluno, que ampliou seus horizontes e vislumbrou uma possibilidade real de desenvolvimento de sua carreira acadêmica e de pesquisa".

Devido a sua colocação no processo de seleção para o mestrado na UFSCar, Moraes foi também contemplado, desde o início do curso, com a bolsa de estudos da CAPES (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior). "Meu projeto de mestrado vai ao encontro ao projeto Bioen-Fapesp e é relacionado com aproveitamento de pentoses (açúcares) procedente de hidrolisado de bagaço de cana de açúcar, no processo de fermentação alcoólica", explica o ex-aluno. Assim, é proposto o uso de enzimas e fermento (leveduras) para juntas transformar o açúcar (principalmente xilose) em etanol.

O estudo propõe o aperfeiçoamento do processo de fermentação com reatores em batelada e, futuramente com reatores contínuos, será aproveitada a fração do açúcar (as pentoses), para se produzir etanol, o que não seria utilizado de maneira convencional. O processo, que visa obter uma otimização, chama-se SIF (Simultaneous isomerization and fermentation - isomerização e fermentação simultâneas). Futuramente, Moraes aspira trilhar a carreira acadêmica ou trabalhar em uma indústria na área de pesquisa.

Assessoria de Comunicação da FEMA

jornal@femanet.com.br 

(18) 3302-1055 / ramal 1405