Notícia

Portal Exame

Evolução do mosquito da dengue é rápida, diz estudo

Publicado em 09 novembro 2015

Por Karina Toledo, da Agência FAPESP
São Paulo - No que se refere à capacidade de adaptação ao ambiente hostil das grandes cidades, talvez nenhuma espécie de mosquito tenha conseguido tanto sucesso quanto o Aedes aegypti – aquele com o corpo coberto de listras brancas que, para azar dos humanos, é capaz de transmitir doenças como dengue, febre amarela, febre chikungunya e zika. Além de resistência a alguns inseticidas, a espécie vem adquirindo a habilidade de se reproduzir em volumes cada vez menores de água – que nem precisa estar tão limpa quanto no passado. [...]

Conteúdo na íntegra disponível para assinantes do veículo.