Notícia

Jornal do Commercio (RJ)

Evento reunirá cinco vencedores do Nobel

Publicado em 25 fevereiro 2013

Por Karina Toledo, da Agência FAPESP

O Centro de Pesquisa em Óptica e Fotônica (Cepof) de São Carlos, um dos Centros de Pesquisa, Inovação e Difusão (Cepid) financiados pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp), está prestes a realizar algo inédito no País: reunir, no interior do estado, durante uma semana inteira, cinco cientistas vencedores do Prêmio Nobel. O objetivo principal do encontro é prestar uma homenagem ao físico norte-americano Daniel Kleppner, do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT), que receberá o título de professor honorário do Instituto de Física de São Carlos, da Universidade de São Paulo (lFSC- USP). O simpósio Física atômica e áreas correlatas será realizado de 28 de fevereiro a 1º de março.

Para isso, já confirmaram presença o francês Serge Haroche (Nobel de Física 2012) e os norte-americanos David Wineland (Nobel de Física 2012), Eric Cornell (Nobel de Física 2001); William Phillips (Nobel de Física 1997) e Dudley Herschbach (Nobel de Química 1986). Outros grandes nomes da ciência mundial estarão presentes, entre eles os franceses Alain Aspect e Michele Leduc, o austríaco Rainer Blatt, o holandês Jook Walraven, os italianos Massimo Inguscio e Ennio Arimondo, os australianos Peter Hannaford e Kristian Helmerson, os norte-americanos George Welch, Winthrop Smith, Masud Mansuripur, Alexander Fetter, Randall Hulet, Martin Zwierlein, John Weiner, Barbara Hughey e Richard Freeman, os brasileiros Claudio Lenz, Sandra Vianna e Philippe Courteille, e o coordenador do Cepof, VanderIei Bagnato. O evento também celebra os 11 anos de atividades do Cepof.

“Ao longo da existência de nosso projeto, sempre recorremos a eminentes cientistas estrangeiros para nos dar opiniões sobre o andamento de nosso trabalho. O professor Kleppner, considerado um dos mais importantes físicos atômicos ainda vivos, esteve no Brasil mais de cinco durante esse período”, conta Bagnato.

Provedor

De acordo com o coordenador do Cepof, Kleppner é um dos pesquisadores que mais semearam ideias no campo mais moderno da física atômica e molecular. Pelo grupo de pesquisa que fundou no MIT, em parceria com David Pritchard, já passaram diversos vencedores do Nobel, como William Phillips (1997), Eric Cornell, Carl Wieman e Wolfgang Ketterle (2001) e Serge Haroche (2012).

“Costumamos dizer, na comunidade científica, que Kleppner não ganhou o Nobel, mas é um ‘fazedor’ de Prêmios Nobel. Tê-lo como professor emérito do IFSC- USP será uma honra para ele e uma honra ainda maior para nós”, afirma Bagnato.

Palestrantes darão aulas inaugurais

Nos dias que antecedem o evento, alguns dos convidados de honra ministrarão aulas especiais para os estudantes de São Carlos. No dia 26 de fevereiro, Dudley Herschbach apresenta a aula inaugural do curso de bacharelado em Química do IFSC- USP e da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar). No dia 27, no IFSC-USP, é a vez de William Phillips dar a aula magna do curso de licenciatura em Ciências, enquanto Alain Aspect apresenta a aula inaugural do curso de bacharelado em Física e David Wineland fará uma aula especial- a mesma realizada durante a cerimônia de premiação do Nobel, em dezembro de 2012.

Durante o simpósio, estarão em debate os novos desafios e perspectivas da Física Atômica e Molecular. Entre os tópicos abordados estão átomos de hidrogênio; átomos de Rydberg; resfriamento e aprisionamento de átomos e íons; condensados de Bose-Einstein e aplicações, metrologia de tempo e frequência; átomos em cavidades e assuntos relacionados; e óptica com ondas de matéria.

No dia 2 de março, os cinco vencedores do Nobel também participarão da premiação da Olimpíada Nacional de Física. "É a primeira vez que um número tão grande de vencedores do Nobel participará de um evento de premiação para alunos do Ensino Médio. Esse evento também conta com a participação de nosso Cepid”, lembra o coordenador do Cepof, Vanderlei Bagnato.