Notícia

Programa Amigos do Mar (Blog)

Evento discute 5 anos de pesquisa multidisciplinar na Elevação de Rio Grande

Publicado em 30 dezembro 2019

Por Amigos do Mar

O Workshop "Pesquisas multidisciplinares na Elevação de Rio Grande (RGR) (Multidisciplinary researches at Rio Grande Rise)" foi um evento científico realizado na Base de Pesquisas do Instituto Oceanográfico da USP em Ubatuba, São Paulo, de 19 a 23 de novembro de 2019, que integrou as pesquisas atualmente em desenvolvimento, lideradas por pesquisadores das instituições participantes do Projeto Temático FAPESP "Marine ferromanganese deposits: a major resource of E-tech elements" (processo 2014/50820-7), e futuros projetos que estão iniciando como o Belmont Forum-FAPESP (DTRAP - Deep-sea mining: Risk assessment from a transdisciplinary perspective). Os pesquisadores se reuniram em Ubatuba para apresentar os resultados obtidos após os 5 anos de duração do Projeto Temático, em função das pesquisas que estão sendo feitas no momento e dos dados e amostras obtidas pelo projeto.

Foram discutidos também novos rumos na condução de pesquisas e projetos futuros. O evento foi também uma tentativa de abordagem multidisciplinar da exploração de depósitos ferromanganesíferos em mar profundo, sendo aberto aos órgãos externos que podem vir a se beneficiar do conteúdo tratado. O evento incluiu: (1) palestras de pesquisadores renomados sobre as principais temáticas relativas à exploração de depósitos ferromanganesíferos em mar profundo, sobretudo nas áreas de estudo de RGR; (2) apresentações orais e de pôster sobre as pesquisas concluídas e em andamento; e (3) formação de grupos de trabalho para novos direcionamentos na pesquisa.

Por fim, apesar de marcar o encerramento do Projeto Temático, o Workshop abriu portas para discussões sobre novas propostas de pesquisas. A iniciativa deste evento é inédita no país e coloca ao mesmo tempo, em um só lugar, instituições de grande importância nacional e internacional (Marinha do Brasil, Diretoria de Hidrografia e Navegação, Programa LEPLAC, National Oceanographic Centre of Southampton, British Geological Survey, United States

Geological Survey, Complutense University of Madrid, Universita’ degli Studi di Roma, VNII Okeangeologia Russia, COMRA China) no cenário de exploração de depósitos minerais marinhos. Na reunião houve uma série de apresentações multidisciplinares importantes sobre a situação (state-of-the-art) das pesquisas em mar profundo na RGR e destinou-se a todos aqueles que têm interesse na matéria-prima que pode ser usada na geração de energia com baixa produção de carbono e assim como no armazenamento de energia.

Pretende-se aprimorar o conhecimento sobre a ocorrência e o processamento dos minerais necessários, para que estes possam ser produzidos de forma mais sustentável reduzindo-se o potencial de problemas de fornecimento que restringem o progresso de uma economia de baixo carbono no Brasil e no mundo.

Link do projeto:

https://bv.fapesp.br/pt/auxilios/89804/marine-ferromanganese-deposits-a-major-resource-of-e-tech-elements/