Notícia

Agência USP de Notícias

Evento apresenta avanços em implantes osseointegrados

Publicado em 15 maio 2007

Da Redação, Agência USP

Nesta quinta-feira (17), das 8 às 19h30, no hotel Maksoud Plaza, em São Paulo, acontecerá um workshop sobre inovações em aplicações de implantes osseointegrados. Trata-se do 6º Simpósio Internacional de Prótese sobre Implante (SIPI), organizado pela Agência USP de Inovação e pelo Instituto Conexão Saúde, e que prossegue até sábado, dia 19.

No encontro, serão apresentadas as mais recentes inovações em implantes osseointegrados (nos quais o crescimento ósseo acontece sobre a prótese) com ênfase em inovações em biomecânica ortopédica e inovações em otorrinolaringologia e prótesescraniomaxilofaciais. Haverá a participação de cirurgiões brasileiros, da Suécia, Estados Unidos e Portugal.

O professor Orozimbo Alves Costa Filho, do Centro de Pesquisas Audiológicas do Hospital de Reabilitação de Anomalias Craniofaciais (Centrinho), e do Departamento de Fonoaudiologia da Faculdade de Odontologia, ambos em Bauru, proferirá palestra sobre os avanços dos últimos anos em implantes cocleares.

Ele destaca, entre outros, os implantes biocompatíveis, que são 100% aceitos pelo organismo, e as novas estratégias de codificações. "Essas estratégias permitem programações via computador dos implantes, o que possibilita ao paciente ouvir o som da própria fala", destaca. " A estimulação pode ser programada em diversas regiões da cóclea", explica o professor.

Próteses

A evolução da tecnologia nacional para próteses modulares (endopróteses) usadas em casos de tumores ósseos será o tema da apresentação do professor Olavo Pires de Camargo, chefe do Departamento de Ortopedia e Traumatologia e coordenador do Grupo de Oncologia Ortopédica da Faculdade de Medicina (FM) da USP. "Após a ressecção do tumor, o osso é reconstituído com uma prótese de titânio, cuja maior vantagem é poder ser montada e ajustada no momento da cirurgia".

Camargo ressalta que a tecnologia das próteses é totalmente nacional, desenvolvida no Instituto de Ortopedia (IOT) do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP. "A retirada de tumores ósseos é um procedimento raro, realizado em pacientes de todas as idades", ressalta. "A prótese produzida no Brasil tem um preço bem inferior às importadas, tornando factível seu emprego pelo Sistema Único de Saúde (SUS)", destaca o professor.

O diretor da Agência USP de Inovação, professor Oswaldo Massambani, ressalta que o evento reúnirá pela primeira vez especialistas em osseointegração das áreas de ortopedia e buco-maxilo-facial. "Tratam-se de resultados técnicos e tecnologias que nunca foram compartilhadas, apesar dos problemas de natureza fenomenológica enfrentados serem semelhantes", afirma.

"Ao mesmo tempo, o evento pretende identificar tecnologias em implantes desenvolvidas no exterior, especialmente nos Estados Unidos e na Suécia, e trazê-las para a indústria brasileira, que reúne todas as condições para desenvolvê-las", ressalta Massambani.

Durante o workshop, o professor Rickard Bränemark do Centro de Osseointegração Ortopédica da Universidade de Gotemburgo, na Suécia, apresentará a conferência sobre Tecnologia biônica para reconstruir o corpo. Ele será acompanhado de seu paciente Erik Ax, que possui um implante biomecânico em sua perna  esquerda.

O evento é co-organizado pelos departamentos de Ortopedia e Traumatologia da FM da USP, Biomecânica, Medicina e Reabilitação do Aparelho Locomotor da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP) da USP, Cirurgia, Prótese e Traumatologia Maxilo Facial da Faculdade de Odontologia (FO) da USP, Hospital de Reabilitação de Anomalias Craniofaciais (HRAC) da USP em Bauru, e pelo Departamento de Cirurgia de Cabeça e Pescoço da Escola Paulista de Medicina, da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp).

O workshop tem o apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp), da Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia (SBOT), da Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico Facial (ABORLCCF) e da Sociedade Brasileira de Cirurgia de Cabeça e  Pescoço (SBCCP).