Notícia

Correio Braziliense

Etanol brasileiro é considerado "biocombustível avançado"

Publicado em 18 fevereiro 2010

Por Redação, com Agência Fapesp - de São Paulo No início deste mês, a Agência Norte-Americana de Proteção Ambiental (EPA, na sigla em inglês) reconsiderou sua avaliação sobre o etanol de cana-de-açúcar. A agência admitiu que, em relação à gasolina, o produto brasileiro reduz as emissões de gases de efeito estufa (GEE) em 61% - e não em 26%, como estabeleciam os cálculos anteriores. Os novos cálculos, que levaram a EPA a caracterizar o etanol brasileiro como "biocombustível avançado" - o que é um passo importante para [...]

Conteúdo na íntegra disponível para assinantes do veículo.