Notícia

Portal Exame

Estudo vê padrão de associação entre doenças crônicas em SP

Publicado em 12 maio 2014

Por Karina Toledo, da Agência FAPESP
São Paulo – Ao analisar dados de entrevistas feitas com 5.037 moradores da Região Metropolitana de São Paulo, pesquisadores da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP) identificaram de que forma fatores individuais, entre eles sexo, idade, condição socioeconômica e área de residência, influenciam no padrão de multimorbidade – termo que no jargão médico descreve a ocorrência concomitante de duas ou mais doenças crônicas em um mesmo indivíduo. De acordo com os resultados, a ocorrência simultânea de [...]

Conteúdo na íntegra disponível para assinantes do veículo.