Notícia

Estadão.com

Estudo sugere que o SARS-CoV-2 é capaz de infectar e matar linfócitos

Publicado em 16 setembro 2020

Por Karina Toledo, da Agência FAPESP
Experimentos conduzidos na Universidade de São Paulo (USP) em Ribeirão Preto indicam que o novo coronavírus é capaz de infectar e levar à morte diferentes tipos de linfócitos – células-chave na defesa do organismo contra patógenos. Não se sabe ainda se há queda na imunidade decorrente desse ataque e qual seria a sua duração, mas os pesquisadores não descartam a possibilidade de a infecção deixar algum tipo de sequela no [...]

Conteúdo na íntegra disponível para assinantes do veículo.