Notícia

Folha de S. Paulo

Estudo não é conclusivo, diz professor

Publicado em 19 janeiro 2003

O coordenador do laboratório de Apoio ao Desenvolvimento Tecnológico da UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro), Francisco Aquino Neto, diz que seus estudos sobre qualidade do ar interno não são conclusivos, isto é: não é possível dizer que a fumaça do cigarro é um poluidor importante e faz mal, mas também não é possível dizer a partir deles que não é prejudicial. Jari Nóbrega Cardoso, professor da mesma instituição, afirma que os resultados não podiam ser "extrapolados". Segundo ele, isso seria "irresponsabilidade". [...]

Conteúdo na íntegra disponível para assinantes do veículo.