Notícia

Portal Exame

Estudo investiga influência de mecanismos genéticos da cárie

Publicado em 05 junho 2017

Por Peter Moon, da Agência FAPESP
A digestão dos alimentos começa com a mastigação e a ação da saliva. Além de facilitar a digestão, a saliva tem em sua composição substâncias antimicrobianas que agem no combate a microrganismos que podem causar doenças na boca, entre elas a cárie. Um destes agentes químicos é a betadefensina (DEFB1), um peptídeo antimicrobiano produzido a partir de informações transmitidas pelos microRNAs associados ao gene que dá origem ao peptídeo – o microRNA constitui uma classe de RNA não recombinante com papel fundamental na [...]

Conteúdo na íntegra disponível para assinantes do veículo.