Notícia

TN Sustentável

Estudo indica que Zika vírus está cada vez mais eficiente para infectar humanos

Publicado em 03 dezembro 2015

Por Karina Toledo, da Agência FAPESP

Durante o caminho que percorreu do continente africano até a América – passando pela Ásia e cruzando o oceano Pacífico –,  o Zika vírus (ZIKV) passou por um processo de adaptação ao organismo humano, adquirindo certas características genéticas que tornaram cada vez mais eficiente sua replicação nas células do novo hospedeiro. A conclusão é de um estudo divulgado no site bioRxiv (pronuncia-se "bio-archive") por pesquisadores da Universidade de São Paulo (USP) e do Institut Pasteur de Dakar, no Senegal, que chamam a esse processo adaptativo do vírus de “processo de humanização”. Leia na edição de hoje do site TN Projetos Sociais.

Por: Redação TN /  Agência FAPESP