Notícia

Bahia Prime

Estudo evidencia a relação entre saúde mental e cotidiano na terapia ocupacional

Publicado em 28 junho 2016

Mesmo com o crescimento e o desenvolvimento significativo da pesquisa em terapia ocupacional no Brasil nas últimas duas décadas, ainda são escassos os estudos que focam no seu processo histórico a partir do desenvolvimento das relações entre as principais significações da profissão. É importante compreender as diferentes características assumidas e os diferentes contextos nos quais se constitui a terapia ocupacional e, para isso, as organizadoras Thelma Simões Matsukura e Mariana Moraes Salles, lançam Cotidiano, atividade humana e ocupação: perspectivas da terapia ocupacional no campo da saúde mental, pela EdUFSCar com apoio da Fapesp.

A proposta é rever os principais processos históricos, no Brasil e nos demais países ocidentais, que refletem a forma de pensar, atuar e promover conhecimento em terapia ocupacional. Os artigos, de 13 convidados profissionais e das organizadoras, apresentam resultados de pesquisas e reflexões apoiadas na prática clínica visando compor um panorama do cotidiano e do fazer humano em sua complexidade.

São apresentadas definições dos conceitos de ocupação e atividade, observações sobre o lugar da terapia ocupacional no cenário da saúde mental e da ideia de cotidiano, reabilitação psicossocial, território e trabalho. Assuntos como o sofrimento psíquico na infância e adolescência, método da terapia ocupacional dinâmica, hábitos e rotina também ganham atenção. Os capítulos são amarrados vislumbrando estudos mais conceituais e levantando muitas outras formas de questionamento em que as respostas tendem a ser objeto de uma avaliação mais profunda.

"A obra [...] deve responder à demanda presente na área acerca de publicações nacionais em terapia ocupacional que aprofundem sobre temáticas do campo e possam ser referências tanto para a formação graduada e continuada como para as pesquisas em expansão", pontuam as organizadoras.

Sobre as organizadoras - Thelma Simões Matsukura é terapeuta ocupacional formada pela Universidade Federal de São Carlos (UFSCar). Possui mestrado e doutorado em Programa de Pós-Graduação em Saúde Mental pela Faculdade de Medicina em Ribeirão Preto e pós-doutorado em Saúde Pública pela USP. É professora-associada do Departamento de Terapia Ocupacional da UFSCar e orientadora de mestrado e doutorado no Programa de Pós-Graduação em Terapia Ocupacional e no Programa de Pós-Graduação em Educação Especial da mesma universidade. Mariana Moraes Salles é terapeuta ocupacional formada pela UFSCar, mestre em Enfermagem Psiquiátrica e doutora em Cuidados em Saúde pela Escola de Enfermagem da Universidade de São Paulo (EEUSP), com período de estágio (sanduíche) na La Trobe University - Melbourne. Pós-doutora em Terapia Ocupacional e Saúde Mental (CNPq).

Título: Cotidiano, atividade humana e ocupação: perspectivas da terapia ocupacional no campo da saúde mental

Organizadoras: Thelma Simões Matsukura e Mariana Moraes Salles

Número de páginas: 200

Formato: 16 x 23 cm

Preço: R$ 35,00

ISBN: 978-85-7600-433-2

Mais informações sobre a EdUFSCar estão disponíveis no site: www.editora.ufscar.br