Notícia

Estadão.com

Estudo da USP representa avanço para tratamento de doença renal

Publicado em 20 junho 2011

Agência FAPESP - Pesquisadores do Laboratório de Nefrologia Celular, Genética e Molecular do Departamento de Clínica Médica da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP) deram um passo importante para ampliar o entendimento sobre o mecanismo de uma doença que afeta uma em cada 400 a 1.000 pessoas em todo o mundo. Eles elucidaram as propriedades moleculares estruturais de parte de uma proteína que exerce um importante papel para o surgimento da doença renal policística autossômica dominante (DRPAD). A doença, que é [...]

Conteúdo na íntegra disponível para assinantes do veículo.