Notícia

Correio Popular

Estudo da USP mostra que poluição afeta fertilidade

Publicado em 03 julho 2005

A poluição da cidade de São Paulo, os cientistas já sabiam, afeta a qualidade da saúde da população. Os gases tóxicos e invisíveis, e isso já era conhecido, atingem também a fertilidade masculina. Estudo que acaba de ser publicado na revista Environmental Research, realizado em São Paulo, identificou o impacto que o ar poluído tem sobre a fertilidade de fêmeas de camundongo. "Os animais ficaram expostos em câmaras no jardim da Faculdade de Medicina, no cruzamento da rua Teodoro Sampaio com a avenida Doutor Arnaldo", explica Marisa Dolhnikoff, principal autora do estudo. Segundo a professora do Departamento de Patologia da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, os resultados obtidos na pesquisa não deixam dúvidas. "Existe um comprometimento da fertilidade das fêmeas provocado pela poluição."