Notícia

Portal Exame

Estudo britânico diz que Brasil é potência científica emergente

Publicado em 30 março 2011

Agência FAPESP São Paulo - A ciência dos países em desenvolvimento é destaque no relatório Knowledge, Networks and Nations: Global scientific collaboration in the 21st century, produzido pela Royal Society, a academia de ciências do Reino Unido, e divulgado no dia 28. De acordo com o documento, Brasil, China, Índia e Coreia do Sul estão "emergindo como atores principais no mundo científico para rivalizar com as superpotências tradicionais" - Estados Unidos, Europa Ocidental e Japão. Na China, o investimento em pesquisa e [...]

Conteúdo na íntegra disponível para assinantes do veículo.