Notícia

Portal Exame

Estudo brasileiro resolve controvérsia sobre grafeno

Publicado em 03 janeiro 2018

Por José Tadeu Arantes, da Agência FAPESP
Um estudo conduzido no Instituto de Física da Universidade de São Paulo (IFUSP) resolveu controvérsia que há muito se arrastava na comunidade internacional de pesquisadores dedicada à investigação de defeitos em folhas de grafeno. A controvérsia dizia respeito ao cálculo da estrutura eletrônica geral do defeito. Essa configuração, que comporta muitas variáveis, era descrita de diferentes maneiras, conforme o pesquisador e o modelo adotado. A solução, igual para todos os modelos e compatível com os dados experimentais, foi [...]

Conteúdo na íntegra disponível para assinantes do veículo.