Notícia

Farmacêutico Márcio Antoniassi

Estudo avalia propensão a doenças metabólicas em filhos de mães obesas

Publicado em 19 dezembro 2020

Por Elaine Patricia Cruz, repórter da Agência Brasil - São Paulo

Transmissão pode ter relação com deficiência de uma proteína no óvulo.

Um estudo brasileiro, que foi publicado na revista Molecular Human Reprodution, tenta descobrir por que filhos de mães obesas teriam mais propensão a desenvolver, ao longo da vida, doenças metabólicas, tais como o diabetes. Segundo o estudo, essa transmissão de doenças de mãe para filho pode estar relacionada à deficiência, no óvulo materno, de uma proteína chamada mitofusina-2, localizada na membrana externa da mitocôndria. O trabalho é apoiado pela Fundação de Amparo à Pesquisa do estado de São Paulo (Fapesp) e coordenado por Marcos Roberto Chiaratti, professor adjunto do Departamento de Genética e Evolução da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) e coordenador do Laboratório de Genética e Biotecnologia da instituição.

Em entrevista à Agência Brasil, Chiaratti disse que o trabalho, que começou em 2015, nasceu de seu interesse em estudar a reprodução da fêmea. “Eu estudo mitocôndrias, que são organelas celulares conhecidas principalmente por produzir energia para as nossas células. E, como a mitocôndria é transmitida somente pela mãe, ao estudar a fertilidade da fêmea, tenho bastante interesse em estudar o papel da mitocôndria no óvulo – tanto em como ele afeta a fertilidade quanto em relação aos mecanismos que regulam o óvulo e que possam ser transmitidos para seus filhos”, disse o professor. Em experimentos com camundongos geneticamente modificados para não expressar a mitofusina-2 no óvulo, os pesquisadores desse estudo observaram que a deficiência da proteína não afetou a fertilidade das fêmeas. O resultado, no entanto, foi que os filhotes gerados por elas apresentaram maior ganho de peso durante as dez primeiras semanas em que foram observados. Além disso, os filhotes desenvolveram diabetes.

“O foco desse trabalho era estudar a relação da mitocôndria com dois aspectos: fertilidade e herança mitocondrial. Porém, quando deletamos essa proteína [a mitofusina-2] no óvulo, vimos que não teve nenhum efeito significativo sobre a fertilidade, produzindo vários filhotes. Começamos a acompanhar o peso deles [dos filhotes] nas primeiras dez semanas pós-nascimento e vimos que eles estavam engordando mais”, detalhou Chiaratti. O pesquisador acrescentou que, ao ver que eles engordavam mais, em relação ao grupo de controle [o grupo de controle tinha a mitofusina-2 no óvulo], foi feito um teste de glicemia. “Aí vimos que a glicemia estava maior nos filhotes que nasceram de óvulos que eram deficientes na mitofusina-2.”

O estudo – De acordo com Chiaratti, o tema em foco vem sendo pesquisado há muitos anos. Outras pesquisas, por exemplo, já vinham demonstrando que a mitofusina-2 é um regulador metabólico, ou seja, à medida que uma pessoa ganha peso ou desenvolve diabetes, essa proteína tende a diminuir nas células. “Vários outros estudos mostraram a importância da mitofusina-2 para a obesidade e para o diabetes, tanto para camundongos quanto para humanos. Mas não no óvulo [como faz esse estudo]”, afirmou.

As primeiras evidências de que a gestação das mulheres poderia interferir na fisiologia dos filhos – e até fazer com estes fossem mais propensos a desenvolver doenças metabólicas – foram observadas ao final da segunda guerra mundial, quando uma região da Holanda foi cercada por forças alemãs, impedindo-a de receber provisões. “No final da segunda guerra mundial, [Adolf] Hitler isolou a Holanda por alguns meses. E os holandeses passaram fome. Um grande número de mulheres [holandesas], que estavam gestantes na época e que passaram fome, tiveram filhos que, mais tarde, desenvolveram distúrbios metabólicos”. Isso, segundo Chiaratti, demonstrou que tanto a carência de alimentos quanto a obesidade poderiam trazer algum tipo de prejuízo ao óvulo.

Por isso, a próxima etapa do estudo será analisar o que aconteceria se as fêmeas geneticamente modificadas para a ausência da mitofusina-2 passassem a receber uma dieta mais calórica. “Nos próximos passos, vamos estudar a interação com a dieta”, informou o pesquisador. “A fêmea que não tem a mitofusina-2 no óvulo, nós já mostramos que produz filhotes propensos à obesidade e ao diabetes, mas isso diante de uma dieta normal. E se desafiarmos as mães agora com uma dieta que induz a obesidade por si só?”, questionou. Um dos objetivos dos pesquisadores é que, a partir de todo o conhecimento gerado pelo estudo, possam ser desenvolvidas terapias que ajudem a prevenir a transmissibilidade de doenças metabólicas.

Fonte: Agência Brasil

Essa notícia também repercutiu nos veículos:
UOL UOL Agência Brasil IstoÉ Dinheiro online IstoÉ BOL O Povo IstoÉ online Jornal de Piracicaba MT HOJE Espaço Ecológico no Ar Revista Pará Portal da Enfermagem Planet Earth Water Air Green Brazil Plantão News (MT) Saber Atualizado Diário da Saúde O Povo online Dinheiro Rural online A Crítica (MS) online Atual MT Marcos Imprensa Portal Agora no RS Itamarati News Portal Tucumã Portal Roma News Poliarquia Verguia Mato Grosso Ao Vivo Chumbo Grosso DF Mix Vale Portal Paraíba Ponta Porã Informa Tarobá News Jornal de Jundiaí online Sistema Costa Norte de Comunicação Estadão Mato Grosso online ISN Portal Rádio Educadora de Sapeaçu Hoje em Dia online Jornal Página do Estado Ideal MT O Rolo Notícias Douranews Novo Cantu Notícias Portal Lapada Lapada O Documento online Jornal Expresso Diário Jornal Vale Notícia online Pelo Mundo DF Eg News FA Notícias Portal Mato Grosso Jornal O Diário (MT) online - Clique F5 O Mato Grosso Jornal MSN Diário da Amazônia Diário da Amazônia Cassilândia Notícias Central Brasil Notícias Madeirão Plantão News (MT) Multisom Cataguases 550 Multisom Ubaense 104.1 FM Sindessmat - Sindicato dos Estabelecimentos de Serviços de Saúde do Estado de Mato Grosso TV Assembleia - Assembleia Legislativa do Piauí (Alepi) Planeta online Muita Informação Região Noroeste Bonde Saense Sistema Costa Norte de Comunicação Somos Notícia Rádio Cidade Nova FM 104,9 Rádio Cultura FM 101,7 Rádio Nova Aliança FM 105,9 Pequi FM 87,5 Rádio Sat Peruíbe FM 87,9 Rômulo de Oliveira Martins: Advocacia e Assessoria Jurídica Douranews Hoje Notícias (São Gabriel da Palha, ES) online Gazeta Brazilian News (EUA) online Goiás Notícias Hora 1 MT Hortêncio FM 87.5 Imbaú FM 87,9 Atenas Notícias Blog da Cris Blog do Amarildo Acesse Notícias Jornal Atitude online Rádio Liberdade FM 87,9 MA24Horas Momento MT Jornal do Povão DF Estadão Mato Grosso online Jornal Garopaba Jornal Fogo Cruzado DF MEB - Mulheres Empreendedoras Brasil Rádio Estação Brasil (Diadema, SP) Noticiando PB Notícias ao Minuto Jovem Rio 87.9 FM Jutan Araujo Pará1 Planeta Osasco Portal Netto Reis Tony Show Prime News Rádio Tucunaré Notícias BH Liberdades César Santana Jornal de Piracicaba online Correio do Brasil online Diga Bahia Marcas e Mercados Falando de Gestão FarolCom Jornalismo 24 Horas Novoeste Por Dentro de Minas Por Dentro do Coronavírus Portal de Finanças Portal Fator Brasil APIMEC - Associação dos Analistas e Profissionais de Investimento do Mercado de Capitais Instituto Arte de Viver Bem Coisas da Vida Cenário Minas Diário de Araxá Empresas S/A Top Sector Portal Paraná Empresarial Top Notícias Alagoas ACT - Promoção da Saúde Saúde em Tela Jardim Informa Jornal da Ilha Dnews DF Imparcial Informativo Tabaiense News Itabatã News Jornal de Ponta Jornal do Vale (Ceres, GO) online Gazeta MT Acessos Livres FEHOESC - Federação dos Hospitais e Estabelecimentos de Serviços de Saúde do Estado de Santa Catarina TV Assembleia - Assembleia Legislativa do Piauí (Alepi) Diário Carioca RecordTV Japan (Japão) Portal Rondônia Folha Geral Juliano Luz Notícias Femina Buzz ON Jornal Dourados Agora Jaciara News Dom Total Tribuna Ribeirão online Portal Notícias Bahia Jornal do Comércio (RS) online Portal RBN Cassilândia Urgente Canal Nutrição Coros Saúde