Notícia

MundoBit

Estudantes brasileiros se preparam para olimpíadas internacionais de astronomia

Publicado em 16 março 2013

Cento e noventa e cinco estudantes de diversas regiões do país participarão do exame, no dia 16 de março, para saber quem representará o Brasil na Olimpíada Internacional de Astronomia e Astrofísica (IOAA) e na Olimpíada Latino-Americana de Astronomia e Astronáutica (OLAA).

A primeira fase de provas foi feita pela internet e o exame de agora é presencial e definitivo. A IOAA ocorrerá na cidade de Vólos, na Grécia, e a OLAA, em Cochabamba, na Bolívia. Os candidatos foram selecionados pelas pontuações obtidas na Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica (OBA) de 2012. Eles receberam material didático com o conteúdo que será cobrado nas provas ?" desde conhecimentos gerais de física e astronomia até habilidades práticas com manipulação de dados astronômicos experimentais.

São Paulo é o estado com maior número de participantes: 74. Em seguida, vêm Minas Gerais, com 24, e Paraná, com 12. As provas ocorrerão em diversas cidades, como São Paulo, Campinas, Rio de Janeiro, Belém e Brasília.

"As olimpíadas científicas surgem com o intuito de atrair não só os jovens, mas também os futuros mestres em astrofísica, e instigá-los a seguir carreira na área de ciências espaciais", disse João Batista Garcia Canalle, coordenador nacional da OBA e professor da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (Uerj).

Mais informações no site oficial da Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica (OBA). As informações são da Agência Fapesp.