Notícia

Jornal de Piracicaba

Estrutura da instituição

Publicado em 30 novembro 2006

O novo diretor da Esalq (Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz) terá de administrar um orçamento anual de cerca de R$ 110 milhões, equivalente a cerca de um quinto do de Piracicaba. Além disso, será responsável pelo gerenciamento de uma estrutura que compreende 760 funcionários (dos quais 227 são professores) e 2.764 alunos (927 da pós-graduação e 1.837 da graduação).
Dos recursos que serão geridos, cerca R$ 75 milhões são referentes ao pagamento dos docentes, cerca R$ 25 milhões são repassados por instituições de pesquisa como a Fapesp (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo), cerca de R$ 6 milhões vêm da USP (Universidade de São Paulo) e outros R$ 2,5 milhões provêm de receita industrial (produtos produzidos e revendidos pela própria universidade).
Os professores, pesquisadores e alunos são divididos em seis cursos de graduação e 11 departamentos: Departamento de Agroindústria, Alimentos e Nutrição (LAN), de Ciência do Solo (LSO), de Ciências Biológicas (LCB), de Ciências Exatas (LCE), de Ciências Florestais (LCF), de Economia, Administração e Sociologia (LES), de Engenharia Rural (LER), de Entomologia, Fitopatologia e Zoologia Agrícola (LEF), de Genética (LGN),de Produção Vegetal (LPV) e de Zootecnia.