Notícia

Jornal do Commercio (RJ)

Estado terá cinco novos pólos de tecnologia

Publicado em 29 novembro 2005

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, assina amanhã um decreto que prevê a criação dos cinco parques tecnológicos no Estado. Trata-se de um conjunto de empreendimentos imobiliários de gestão privada, auto-sustentáveis cujo objetivo é incentivar a produção de conhecimento científico-tecnológico na região em que estiver inserido.
Os pólos serão instalados nas cidades de São José dos Campos, Campinas, São Carlos, Ribeirão Preto e São Paulo. A idéia é criar um ambiente de alta qualidade para as atividade de Pesquisa e Desenvolvimento, capaz de atrair empresas de alta tecnologia, desenvolvendo novos produtos e se tornar referência para novas indústrias de base tecnológica.
Cada parque tecnológico terá um segmento específico. Em Campinas será sediada a área de Comunicação e Informação. Em Ribeirão Preto está o parque tecnológico de Equipamentos Médicos, São Carlos terá a unidade de biotecnologia, enquanto São Paulo terá um pólo de nanotecnologia. Em Saõ José dos Campos será instalado o pólo aeroespacial.

Investimentos
Juntos, os parques terão investimentos de R$ 11 milhões, com apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp) e da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep) do Ministério da Ciência e Tecnologia.
Somente em São Carlos existe uma área definida para a instalação do parque tecnológico. Nas outras cidades, existem "áreas potenciais identificadas". Em 2006, novos parques poderão ser criados no Estado.