Notícia

A Tribuna (Santos, SP)

Estado negocia apoio da União para navio de pesquisa da USP

Publicado em 02 junho 2012

Uma parceria entre o Estado e a União está sendo negociada para o financiamento das pesquisas do novo navio oceanográfico brasileiro, o Alpha Crucis, que está atracado no cais do Armazém 25 do Porto de Santos. A proposta foi discutida ontem, em Brasília, entre o secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, Paulo Alexandre Barbosa, e o ministro da Pesca e Aquicultura, Marcelo Crivella.

O Alpha Crucis foi inaugurado na última quarta-feira, depois de 10 meses de reforma nos Estados Unidos e um investimento de US$ 11 milhões da Fundação deAmparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp) e da Universidade de São Paulo. Ele será o substituto do navio Professor W. Besnard, utilizado desde 1967 e aposentado após sofrer um incêndio.

A proposta do Governo do Estado para a União será formalizada na próxima segunda- feira. A ideia é fazer um convênio entre a Secretaria de Pesca e o Instituto Oceanográfico (10) da Universidade de São Paulo (USP), que é responsável pela embarcação e por todos os projetos desenvolvidos nela. De acordo com o secretário estadual, existem ainda outras oportunidades de parceria.

“As pesquisas serão feitas em áreas de interesse comum aos governos federal e estadual, como a biodiversidade marinha e a biotecnologia. Também vai ajudar no planejamento para a instalação de plataformas de petróleo da camada do pré-sal”, explicou o secretário.

A expectativa da USP é que a primeira viagem do Crucis com professores e alunos saia no próximo mês. A jornada servirá para o monitoramento de correntes marítimas e das propriedades químicas da água entre Santos e o Cabo de São Tomé CRJ. O Alpha Crucis pode permanecer em alto-mar por até 40 dias, sem a necessidade de reabastecimento.