Notícia

Cruzeiro do Sul online

"Espirais de Madeira" conta história da arquitetura de Curitiba

Publicado em 24 março 2002

Está chegando ao mercado o livro Espirais de Madeira: uma História da arquitetura de Curitiba, do arquiteto Irá Taborda Dudeque. A obra permite compreender o papel da arquitetura no processo de afirmação cultural, política e econômica que Curitiba de 1920 a 1990. A narrativa do autor parte de um conjunto de idéias literárias e artísticas (que formariam um quadro de referências simbólicas), e acompanha os desenvolvimentos destas idéias na política, na economia e na arquitetura. "Assim, a arquitetura de Curitiba não foi analisada para explicar os sucessivos estágios da arquitetura de Curitiba, num ciclo auto-referente. Serviu, em vez disso, como um corpo documental para tentar aclarar e compreender as pessoas que fizeram e fazem a cidade de Curitiba e, por conseguinte, o Estado do Paraná e o Brasil. A pretensão é que, entendendo-se esse processo histórico, fique mais claro o valor cultural da arquitetura produzida, ao mesmo tempo que se possa entender algumas das razoes que levaram ao reconhecimento dos arquitetos por parte de uma sociedade", descreve Irã Dudeque. O livro é resultado de projeto realizado pela Olaria Projetos de Arte e Educação incentivado pela Siemens através da Lei Municipal de Incentivo à Cultura da Fundação Cultural de Curitiba e Prefeitura Municipal de Curitiba, resultado de pesquisa realizada pelo programa de pós-graduação da FAUUSP, com apoio da FAPESP e distribuição da Editora Studio Nobel. Foram produzidos 3.000 exemplares e parte desta tiragem está sendo destinada à doação para bibliotecas, escolas de arte, universidades etc.