Notícia

Up Pharma

Especial Albert Einstein

Publicado em 01 setembro 2008

Genômica

Com aplicações em enfermidades complexas de alta prevalência (câncer, doenças cardiovasculares e cerebrovasculares, doenças neurológicas), a genômica possibilita a identificação de fatores de risco, de prognóstico e de resposta à terapia, permitindo a individualização dos tratamentos, com maior resolutividade e menor custo. O CPE integra uma rede formada por hospitais e instituições de pesquisa do Estado de São Paulo para estudos em genômica funcional do câncer. O projeto é co-financiado pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp) e pelo IIEPAE. Nessa rede, o CPE é responsável pela condução de estudos em genômica funcional, utilizando a tecnologia de microarrays (chips de DNA), com o objetivo de identificar genes relevantes ao diagnóstico, prognóstico, definição de subtipos tumorais, predição de resposta às diferentes abordagens terapêuticas ou ainda que possam representar alvo para desenvolvimento de novas drogas.

Um exemplo de incorporação prática de avanços nessa área é o desenvolvimento de testes para detecção de mutações nos genes que determinam as variantes hereditárias dos cânceres de mama e de ovário. Em conjunto com o Programa Integrado de Oncologia do Hospital Israelita Albert Einstein (HIAE), o CPE disponibiliza esse teste para o diagnóstico dos casos hereditários e o aconselhamento genético dos familiares do paciente.

O CPE também conduz estudos sobre fatores genéticos envolvidos em distúrbios neurológicos ligados a processos de envelhecimento cerebral, como a Doença de Parkinson. Como laboratório de nível avançado, integrou o programa VGDN (Viral Genetic Diversity Network) da Fapesp, estudo multicêntrico para caracterização genética de vírus como o HIV (vírus da AIDS), RSV (vírus respiratório sincicial) e HCV (vírus da hepatite C), com aplicações relevantes no setor de saúde pública. Atualmente, em colaboração com o Departamento de Pediatria do HIAE, são conduzi dos estudos sobre suscetibilidade genética ao RSV e a outros vírus respiratóríos e, em colaboração com o Instituto Butantan e com apoio da Fapesp, os ensaios clínicos de uma nova vacina para hepatite B.