Notícia

DCI online

Escola São Paulo busca estudante estrangeiro

Publicado em 12 setembro 2012

SÃO PAULO - A Fapesp divulgou o resultado da chamada da Escola São Paulo de Ciência Avançada (ESPCA), modalidade que oferece recursos para a organização de cursos de curta duração em pesquisa avançada nas diferentes áreas do conhecimento no Estado de São Paulo.

Lançada em 2009, a ESPCA se destina a apoiar total ou parcialmente a realização de cursos curtos sobre temas da fronteira da ciência que sejam objeto de pesquisa internacionalmente competitiva sendo realizada no Estado de São Paulo.

Os professores que lecionarão as disciplinas nas ESPCA deverão ser cientistas de excelente qualificação e destaque em seus campos de pesquisa, do Brasil e do exterior.

Os estudantes participantes devem estar matriculados em cursos de graduação ou pós-graduação no Brasil ou exterior, sendo potenciais candidatos aos cursos de mestrado, doutorado ou a estágios de pós-doutorado em instituições de ensino superior e pesquisa no Estado de São Paulo.

Os cursos devem ter duração de uma a duas semanas, oferecendo atividades didáticas distribuídas entre aulas teóricas e aulas práticas, seminários e visitas técnicas aos principais centros e instituições de ensino superior e de pesquisa, e empresas relevantes para os temas tratados, de tal forma que se possa dar visibilidade à capacidade existente em São Paulo.

Cada ESPCA poderá receber até em torno de 100 estudantes. Serão priorizadas as propostas que apresentarem participação intensa de estudantes de fora do Brasil. Espera-se que pelo menos 50% dos participantes venham de outros países. A proposta deve especificar o número de estudantes nacionais e estrangeiros previstos para participar da escola.

Agências