Notícia

Estadão.com

'Erro da Itália foi subestimar a doença', diz bióloga brasileira que vive em Milão

Publicado em 18 março 2020

Por Márcia De Chiara, O Estado de S.Paulo
A bióloga brasileira Rafaela da Rosa Ribeiro, estudiosa do zika vírus, foi parar no olho do furacão do novo coronavírus. Faz quase um ano que ela trabalha no Departamento de Doenças Infecciosas e Neurociência do Ospedalle San Rafaelle, hospital que fica em Milão, Itália, um dos países mais afetados pela epidemia. Lá toca um projeto de pós-doutorado que desenvolve no Instituto Israelita Albert Einstein. No hospital italiano, Rafaela encontrou uma das maiores [...]

Conteúdo na íntegra disponível para assinantes do veículo.