Notícia

RedeNotícia

Equipe brasileira conquista medalhas na Olimpíada de Matemática do Cone Sul

Publicado em 25 agosto 2014

Agência FAPESP– A equipe brasileira que participou da 25ª Olimpíada de Matemática do Cone Sul, encerrada no dia 21 de agosto em Montevidéu, no Uruguai, voltou para o país com quatro medalhas: duas de ouro, uma de prata e uma de bronze.

Pedro Henrique Sacramento de Oliveira, de 15 anos, de Vinhedo (SP), e Gabriel Toneatti Vercelli, de 16 anos, de Osasco (SP), conquistaram medalhas de ouro. João César Campos Vargas, de 16 anos, de Passa Tempo (MG), ficou com a de prata e Andrey Jhen Shan Chen, de 14 anos, de Campinas (SP), com a de bronze.

Trinta e dois estudantes de oito países participaram da competição, que é individual e teve provas teóricas realizadas nos dias 18 e 19 de agosto. Os participantes tiveram quatro horas por dia para resolver três problemas de matemática.

Os estudantes foram liderados pelos professores Régis Prado Barbosa, da capital paulista, e Luzinalva Miranda de Amorim, de Salvador (BA), membros da Comissão Nacional de Olimpíadas de Matemática da Sociedade Brasileira de Matemática (SBM).

A Olimpíada do Cone Sul ocorre todos os anos desde 1988. Para participar da prova, é preciso primeiro participar da Olimpíada Brasileira de Matemática (OBM), que também ocorre anualmente.

A OBM é uma iniciativa do Instituto Nacional de Matemática Pura e Aplicada (Impa) e da SBM. Este ano, o matemático brasileiro Artur Avila, pesquisador do Impa e do Centro Nacional de Pesquisa Científica (CNRS), na França, foi o primeiro sul-americano a ganhar a Medalha Fields, considerada a honraria mais importante da Matemática.

Mais informações em www.obm.org.br