Notícia

Notícias de Campinas

Equipamento desenvolvido em SP diagnostica doenças sem uso de reagentes e anticorpos

Publicado em 14 agosto 2020

Por Júlio Bernardes | Jornal da USP

Fapesp apoiou os estudos conduzidos pelos integrantes do Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais.

Em artigo publicado na ACS (American Chemical Society), pesquisadores do Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais (CNPEM), em Campinas, apresentaram a proposta de um novo conceito de análise clínica baseada no uso de um sensor eletroquímico microfluídico e modelos de machine learning com potencial para tornar mais prático e econômico o diagnóstico e prognóstico de diversas doenças.

O método, desenvolvido em estudo que contou com apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp), também visa a obter resultados seguros sem a dependência de insumos caros e escassos como anticorpos.

O dispositivo microfluídico usa materiais de baixo custo. Os eletrodos de grafite, constituídos de minas de lápis, do mesmo tipo usado em lápis escolares, atuam como sensores de padrões eletroquímicos. Conectados a um equipamento portátil capaz de medir a impedância da corrente elétrica (potenciostato) e a um smartphone é possível determinar, em menos de 15 minutos, a presença e a concentração de biomarcadores de interesse em amostras com mínimos volumes de sangue.

“São dados que não só contribuem para a triagem de casos, mas podem também dar referências de prognóstico de evolução da doença em cada paciente”, esclarece o pesquisador do CNPEM Renato Sousa Lima, do Laboratório Nacional de Nanotecnologia (LNNano), à Agência Fapesp.

Aplicação

O estudo descreve a aplicação do método para diagnóstico de câncer de mama em amostras de sangue de camundongos. Estruturas lipídicas extracelulares e as proteínas presentes na sua membrana foram usadas como biomarcadores do tumor de Ehrlich para identificar animais sadios e com o tumor.

O método também permitiu a quantificação simultânea desses dois biomarcadores, que contribuem para uma análise do estágio do câncer de mama com acurácia elevada. O grupo realizou o preparo das amostras em parceria com o Instituto de Química da Universidade de São Paulo em São Carlos (IQSC/USP).

Cada amostra de sangue gera um espectro único de capacitância, que serve como impressão digital, e pode gerar até 100 variáveis. A identificação dos padrões específicos de interesse é tarefa para o modelo computacional de machine learning, uma classe de métodos capaz de descobrir padrões usando apenas os dados observados, sem ser explicitamente programado, o que permite que se torne ainda mais eficiente à medida que novas amostras são incluídas no banco de dados do teste, explica Adalberto Fazzio, diretor do Laboratório Nacional de Nanotecnologia (LNNano).

O estudo ainda se valeu de um padrão matemático com robustez estatística. “Mesmo com um pequeno número de amostras [12] para aquisição do algoritmo, demonstrou poder de exatidão e deve se tornar ainda mais eficiente com a incorporação de dados de mais amostras no futuro”, reforça Lima.

Tecnologia

Além de esforços em ciência e engenharia, os autores fizeram uso da tecnologia para trazer telemedicina às análises. Um smartphone foi usado para controle de um equipamento portátil para medidas eletroquímicas, aquisição e tratamento dos dados do sensor por machine learning e a apresentação do resultado de interesse em sua tela, eliminando qualquer etapa de processamento de dados pelo usuário.

Além de simplificar a análise, o uso do smartphone pode ser muito útil como ferramenta de auxílio a programas de saúde em regiões remotas do país. Os dados obtidos nos exames podem ser compartilhados rapidamente e as informações contribuírem para ações estratégicas, como encaminhamento de pacientes para os centros de tratamento mais próximos.

É necessária uma etapa de preparo antes de levar a amostra de sangue para o dispositivo de diagnóstico. Um cartucho simples, com colunas porosas, é usado para isolar as vesículas extracelulares. As biomoléculas menores são retidas na fase sólida do cartucho e as vesículas (50 a 150 nanômetros) diluídas em uma solução comum na biologia, que é o tampão fosfato.

O processo leva cerca de 10 minutos, é simples e tem custo estimado em pouco menos de R$ 50 por amostra. A análise pelo sensor leva menos de 5 minutos e o resultado do diagnóstico é mostrado automaticamente na tela do smartphone.

Essa notícia também repercutiu nos veículos:
UOL O Estado de S. Paulo IstoÉ Dinheiro online Portal Exame Portal R7 BOL Estado de Minas online Estadão.com UOL IstoÉ online BOL UOL Agência Brasil Pequenas Empresas & Grandes Negócios online Jornal Primeira Página Central das Notícias TV Jornal Jornal da Ciência online Rádio Coopnews Correio Popular (Campinas, SP) online RolNews O Imparcial (São Luís, MA) online Central das Notícias A Província do Pará A Redação (Goiânia, GO) Jornal do Commercio (PE) online O Tempo online O Tempo (Contagem, MG) online Super Notícia 91,7 FM Pampulha online Destaque DF Viva ABC Plox Enfoque MS Diário da Amazônia ES360 Diário do Grande ABC online Mercado News Correio do Papagaio online Repórter Diário A Crítica (MS) online O Liberal (PA) online Aqui Notícias online Santa Portal Meon Educadora AM 1020 Diário de Notícias online Mix Vale Correio do Povo (Porto Alegre, RS) online A Tribuna (Santos, SP) online Zero Hora online Terra Dinheiro Rural online Bem Paraná online Cidade Verde Portal do Holanda FasterNet CGN Rápido no Ar Guarulhosweb MSN Marília Notícia Folha de Valinhos online Vitória News Agora É HiperNotícias Jornal do Comércio (RS) online Floriano News Folha Vitória online Jornal da Manhã (Uberaba, MG) online Jornal News VIP online Litoralmania O Liberal (Americana, SP) online O Povo online Planeta online São Carlos em Rede CNN (Brasil) ResumoCast Jornais Virtuais Portal do Governo do Estado de São Paulo Valdir Rios Araraquara24horas Portal SPE Página1 PB Floresta Notícias Repórter Hoje Farol da Bahia Blog do Magno Martins Blog Saúde e Dicas Central das Notícias Gazeta do Pantanal online ID News Blog do Fumanchú Blog do Elvis Bezerra Ouro Preto Online Em Dia ES Seu Jornal Portal Hvac-R Asociacion Ecologista Rio Mocoretá (Argentina) Boas Práticas online Blog do Vinicius de Santana Bahia.ba Jornal Integração Visão Regional Jornal da Ciência online Planet Earth Water Air Green Brazil Recôncavo no Ar Coluna Supinando Revista Amazônia MT HOJE Portal da Enfermagem Revista Fórum online ResumoCast Atemporal ABIPTI - Associação Brasileira das Instituições de Pesquisa Tecnológica e Inovação ResumoCast O Dia (SP) Blog do PAULO MELO Jornal da Franca Cruzeiro FM 92.3 Jovem Pan Nas Notícias TV Cultura Acontece Botucatu São Carlos Agora Região Noroeste Notícia de Limeira Noticias Noroeste online A Cidade On (São Carlos, SP) Jornal Primeira Página online Diário do Rio Claro Portal Viu SOPESP - Sindicato dos Operadores Portuários do Estado de São Paulo Câmara Municipal de São Paulo Algomais online Revista Analytica online Correio Popular (Campinas, SP) Correio Popular (Campinas, SP) online Central das Notícias Boas Novas MG Toda Palavra online Bem Pra Você Oficial Diário Potiguar ABM Brasil - Associação Brasileira de Metalurgia, Materiais e Mineração Pensamento Verde Espaço Ecológico no Ar Leitura do Povo Info Rondônia Money Report