Notícia

Folha de S. Paulo

Enzima fornece diagnóstico de Alzheimer

Publicado em 12 março 2002

Por REINALDO JOSÉ LOPES - FREE-LANCE PARA A FOLHA
Uma proteína comum, presente tanto na corrente sanguínea quanto nas células cerebrais, pode ser a pista que faltava para prever ou combater de forma decisiva o mal de Alzheimer. A descoberta, feita por cientistas da Faculdade de Medicina da USP, aponta novos caminhos na luta contra essa doença incurável, que afeta 1,2 milhão de pessoas (principalmente idosos) no Brasil. A molécula vilã -ou melhor, heroína, já que é na ausência dela que o mal de Alzheimer prospera- responde pelo indigesto nome de fosfolipase A2. Trata-se de uma [...]

Conteúdo na íntegra disponível para assinantes do veículo.