Notícia

Portal Aprendiz

Entrevistas realizadas pelo Roda Viva nos últimos 21 anos viram fonte de pesquisa na web

Publicado em 18 junho 2008

Um novo canal de pesquisa na Internet, o “Memória Roda Viva”, já está disponível para consultas a partir de hoje (16/06) nos sites www.tvcultura.com.br/rodaviva ou www.rodaviva.fapesp.br. Voltado para estudantes, professores e público em geral, e tendo como objeto o acervo do programa Roda Viva, da TV Cultura, o projeto é uma iniciativa conjunta da Fundação Padre Anchieta, da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp) e da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), por meio de seu Laboratório de Estudos Avançados de Jornalismo (Labjor) e do Núcleo de Estudos de Políticas Públicas (Nepp). “Este é um projeto que vem se desenvolvendo há dois anos e o resultado é o melhor possível. Estamos disponibilizando o conteúdo do Roda Viva num fantástico instrumento de pesquisa”, enfatiza Paulo Markun, presidente da Fundação Padre Anchieta.

Segundo o professor Carlos Vogt, secretário de Ensino Superior e também coordenador do Labjor/Unicamp, a iniciativa requereu, como é de praxe na Fapesp, um projeto que foi então elaborado pelo Labjor e pelo Nepp, e encaminhado à Fapesp para análise e avaliação. "Uma vez aprovado, os trabalhos tiveram início com uma equipe da qual vem participando pesquisadores e técnicos das várias instituições envolvidas", explica Vogt.

Inicialmente, o site disponibilizará, na íntegra, 205 entrevistas com personalidades dos mais diversos segmentos, incluindo ciências, cultura, economia, esporte e política. Os pesquisadores irão encontrar, entre as centenas de opções, entrevistados como Ayrton Senna, Asne Seierstad, Cacá Diegues, Dom Paulo Evaristo Arns, Drauzio Varella, Elza Soares, Emerson Fittipaldi, Evo Morales, Fernando Collor de Mello, Fernando Henrique Cardoso, Fidel Castro, José Serra, Hector Babenco, Gianfrancesco Guarnieri, Grande Otelo, Hugo Chávez, Jô Soares, Lima Duarte, Luís Carlos Prestes, Luiz Inácio Lula da Silva, Nelson Piquet, Oscar Niemeyer, Patch Adams, Paulo Autran, Pedro Almodóvar, Plínio Marcos, Roberto Jefferson, Telê Santana, Washington Olivetto e Ziraldo. Posteriormente, até 2009, os internautas terão a chance de consultar todas as entrevistas, que somam mais de mil, gravadas pelo programa em seus quase 22 anos de existência, além das futuras edições.

O “Memória Roda Viva” dispõe de um conteúdo no formato texto, acrescido de verbetes, referências, fotos e pequeno vídeo. Um sistema de navegação simples permite que se encontre rapidamente uma determinada entrevista. Além disso, um mecanismo de busca e a divisão por cinco grandes temas visam facilitar pesquisas mais específicas. Ou seja, o internauta também pode pesquisar assuntos que foram abordados e/ou citados durante os programas, por meio de um mecanismo de busca que identifica palavras-chave. Além disso, é possível assistir trechos (de até dois minutos) das entrevistas.

A publicação das transcrições das entrevistas cria um registro importante na história recente, assegura sua preservação definitiva, possibilita acesso livre a todo o conteúdo e reconstrói o processo de formação da agenda pública brasileira nas duas últimas décadas, quando se deu a discussão das questões mais relevantes de nossa atualidade, bem como a sua continuidade futura. Graças ao site, ainda será possível retroalimentar a pauta do programa, a partir de críticas e sugestões, que poderão ser registradas, sistematizando temas e questões que estão no cerne de uma agenda pública de discussão dos problemas brasileiros e internacionais.