Notícia

Folha de S. Paulo

Engenheiros se afastam da academia

Publicado em 29 janeiro 2012

Por Lígia Menezes
O ritmo de crescimento de cursos de pós-graduação stricto sensu no Brasil caiu entre 2004 e 2009, segundo relatório da Capes, e uma das maiores responsáveis pela puxada no freio de mão foi a área de engenharia. Pelo relatório, em 2004 a oferta de cursos de especialização, mestrado e doutorado para engenheiros era de 11,5% do total de cursos. Em 2009, caiu para 10,9%. De 800 mil concluintes de pós em diversas áreas naquele ano, só 5,9% foram de engenharia, produção e construção. O fenômeno pode ser explicado pela falta de [...]

Conteúdo na íntegra disponível para assinantes do veículo.