Notícia

Prefeitura Municipal de São José dos Campos

Encontro sobre subvenção à inovação reúne 150 no Parque Tecnológico

Publicado em 16 outubro 2015

Mais de 150 pessoas, principalmente empresários do setor aeronáutico, estiveram nesta sexta-feira (16) no Parque Tecnológico de São José dos Campos para assistir à apresentação da chamada pública de subvenção econômica à pesquisa para inovação, voltada para empresas de pequeno porte do Estado de São Paulo que integram a cadeia produtiva da indústria aeroespacial.

“Esse encontro, alinhado com o plano de governo do prefeito e do vice-prefeito, é estratégico, pois promove uma interface entre poder público e setor privado que é fundamental para o desenvolvimento econômico”, afirmou o secretário de Desenvolvimento Econômico e da Ciência e Tecnologia.

O secretário disse ainda que os programas disponibilizados pela FAPESP (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo), a FINEP (Financiadora de Estudos e Projetos) e outros órgãos de financiamento são essenciais. “Trazem recursos que permitem aos empresários agregarem valor aos seus produtos, aumentando a competitividade do ambiente empresarial de São José dos Campos e da Região Metropolitana do Vale do Paraíba”, discursou.

“A reunião também constitui uma oportunidade para cobrarmos, juntos, uma legislação mais moderna e adaptada à indústria aeroespacial, um setor tão essencial para a geração de empregos de qualidade no país”, acrescentou.

“Apesar das dificuldades econômicas, a área aeroespacial continua a todo vapor. Estas subvenções da FAPESP e da FINEP representam uma oportunidade espetacular para que as empresas do setor se dediquem à elaboração de projetos inovadores”, disse o diretor técnico e de operações do Parque Tecnológico.

Para Marcelo Sáfadi, diretor executivo do CECOMPI (Centro para a Competitividade e Inovação do Cone Leste Paulista), houve nos últimos anos um forte crescimento dos recursos alocados para financiar projetos ligados à ciência e tecnologia, mas poucos projetos foram submetidos aos órgãos de financiamento. “O CECOMPI e o Parque Tecnológico estão à disposição dos empresários para ajudá-los a estruturar e apresentar seus projetos”, ressaltou.

A chamada pública apresentada nesta sexta-feira integra o Programa PIPE/PAPPE, resultado de uma parceria entre a FAPESP e a FINEP para ajudar empresas de base tecnológica a desenvolver produtos e serviços inovadores. Ela apoia especificamente a execução de pesquisa científica em micro e pequenas empresas de até 250 funcionários com sede no Estado de São Paulo. Outros detalhes estão disponíveis na internet.

A seleção está aberta até 27 de novembro, quando vence o prazo para a apresentação dos projetos. O aporte de recursos pode chegar a R$ 1,5 milhão por projeto aprovado. “Os recursos são destinados exclusivamente ao desenvolvimento, não podendo financiar a produção”, ressaltou Douglas Zampieri, coordenador da diretoria científica da FAPESP.

“Muitos projetos são recusados por falta de documentação, ou erros no preenchimento dos dados solicitados. Assim, sugiro que apresentem seus projetos com bastante antecedência para corrigir eventuais equívocos”, acrescentou.

José Zeno Fontana, técnico da FINEP, também fez uma importante recomendação aos empresários. “É muito importante que as empresas que tiveram um projeto aprovado não descuidem de suas outras atividades, para não ficarem dependentes da subvenção”, alertou.