Notícia

Esteta

Encontro na FAPESP reúne interessados em apoio à inovação

Publicado em 19 dezembro 2013

Cerca de 150 pesquisadores e pequenos empresários participaram de reunião para orientar candidatos a financiamento no âmbito do PIPECerca de 150 pesquisadores e pequenos empresários participaram, na quarta-feira (18/12), do encontro "Diálogo sobre Apoio à Inovação na Pequena Empresa", promovido pela FAPESP e pelo Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (Ciesp) na sede da Fundação, em São Paulo.

O encontro é realizado periodicamente, antes de cada ciclo de análise do Programa Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas (PIPE), da FAPESP, e tem o objetivo de divulgar o programa e esclarecer dúvidas sobre a formulação de propostas.

Até 3 de fevereiro, os interessados podem submeter propostas de pesquisa para o primeiro ciclo de análise de 2014. Nessa etapa do programa, a FAPESP disponibilizará até R$ 15 milhões para financiamento dos projetos selecionados.

Ainda em 2014 haverá outras três oportunidades para submissão de propostas: até 28 de abril, até 21 de julho e até 13 de outubro.

Para Sérgio Robles Reis de Queiroz, professor da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) e coordenador adjunto da área de Pesquisa para Inovação da FAPESP, os encontros promovidos com potenciais proponentes ajudam a qualificar as propostas e a ampliar o alcance do programa.

"O diálogo com pesquisadores e pequenos empresários interessados no financiamento aumenta a eficiência do PIPE e, por meio da parceria existente com o Ciesp, temos a oportunidade de difundir o programa em muitos municípios do interior do Estado", disse. Hoje, a maioria dos projetos selecionados está concentrada em São Paulo, Campinas, São Carlos, Ribeirão Preto e São José dos Campos.

Podem participar da chamada pesquisadores ligados a empresas de pequeno porte (com até 250 empregados) com unidade de pesquisa e desenvolvimento no Estado de São Paulo.

Desde 1997, a FAPESP desembolsou mais de R$ 180 milhões para apoio a 1.159 projetos inovadores no PIPE, desenvolvidos em microempresas e empresas de pequeno porte com sede no estado. O programa apoia a pesquisa para o desenvolvimento de produtos, processos e serviços, em todas as áreas do conhecimento.

O valor máximo do apoio da FAPESP a cada projeto selecionado é de R$ 1,2 milhão, em duas fases. Na fase 1, até R$ 200 mil podem ser destinados ao longo de nove meses para a demonstração da viabilidade técnica e econômica da inovação proposta. Para a fase 2, destinada à execução do produto, processo ou serviço em prazo de até 24 meses, o limite de recursos por projeto é R$ 1 milhão.

A Fundação também analisa propostas de pesquisa para a Fase 2 Direta, nos casos em que a análise de viabilidade da inovação estiver concluída.

Os resultados do processo de seleção de propostas no primeiro ciclo de análise serão divulgados pela FAPESP em 6 de junho de 2014. Os proponentes receberão pareceres técnicos de avaliadores que poderão ser úteis para o aperfeiçoamento da proposta, mesmo em caso de não aprovação. Neste caso, o proponente poderá reformular e reapresentar uma nova solicitação de apoio em ciclo subsequente.

A chamada de propostas para o primeiro ciclo de análise de propostas do PIPE em 2014 está publicada em www.fapesp.br/8303 e as normas do programa, em www.fapesp.br/pipe.

Fonte: Agência FAPESP