Notícia

DCI

Empresas menores dão impulso à tecnologia

Publicado em 15 maio 2003

Por Fabiana Pio
As empresas de menor porte estão contribuindo mais para o desenvolvimento tecnológico do País. Só no Estado de São Paulo, o número de projetos de pesquisa aprovados pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp) saltou de 52, em 2001, para 65, no ano passado. Os investimentos públicos cresceram de R$ 6,9 milhões, em 2001, para R$ 9,6 milhões em 2002. Para impulsionar a inovação, a Fapesp estruturou, há dois anos, o Núcleo de Patenteamento e Licenciamento de Tecnologia, que financia o depósito de patentes, no Brasil e no exterior, das empresas de menor porte. E, neste mês, a instituição recebeu o primeiro resultado em royalties: um cheque de R$ 4,1 mil da Clorovale, que desenvolveu uma broca odontológica com ponta de diamante artificial. A próxima patente a ser depositada será de um novo produto desenvolvido pela Siporex, que permitirá reduzir em até 50% o custo da matéria-prima para a fabricação da argamassa.