Notícia

Jornal de Piracicaba online

Empresa amplia pesquisa voltada a usina sucroalcooleira

Publicado em 05 abril 2011

Ampliar em 20% as pesquisas de novas linhagens de leveduras (micro-organismos utilizados para a produção de etanol) e dobrar o número de usinas sucroalcooleiras atendidas com esses produtos são algumas das metas traçadas para este e o próximo ano pela Fermentec.

A empresa de consultoria técnica em fermentação alcoólica, com sede em Piracicaba, inaugurou na tarde de ontem dois novos laboratórios, que somaram investimentos de aproximadamente R$ 1,5 milhão.

O valor leva em conta as parcerias da unidade com a Fapesp (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo), o CNPq, além das fornecedoras de equipamentos e as 77 destilarias no Brasil e no exterior.

Coordenador científico da empresa, Mário Lopes, as expectativas de crescimento são embasadas, principalmente, no novo sistema desenvolvido pela Fermentec: a medição em tempo real da velocidade de fermentação na produção de etanol.

"Pioneira no Brasil, a tecnologia permite acompanhar com mais detalhes as variações que ocorrem na velocidade de fermentação, além de elevar a capacidade analítica do laboratório, porque ganhamos em precisão", destaca ele.

Segundo Lopes, o sistema mede em tempo real a velocidade de até 12 fermentações simultâneas por apenas um analista.

"Antes as medições aconteciam de hora em hora e, por não serem automáticas, demandavam três analistas, que muitas vezes tinham que passar a noite aqui (no laboratório). Agora, a cada cinco minutos temos uma nova medição", compara o coordenador. (Paola Ribeiro)