Notícia

Biologia para Biólogos

Empreendedorismo na Ciência

Publicado em 13 agosto 2021

Você acha que um cientista pode se tornar um empreendedor?

Dr. Brown

Há algumas décadas a ciência vem crescendo rapidamente, com o desenvolvimento de inovações tecnológicas que ajudam a responder as mais diversas perguntas e desafios sociais que muitas vezes cabem aos cientistas resolverem, com mais rapidez e eficácia.

Apensar de vivermos em uma era onde a tecnologia pode resolver muitos problemas, também vivemos na era dos desafios globais que nunca foram tão complicados de resolver como antes. Como os desafios na saúde, meio ambiente, energia, desmatamento, desigualdade social, produção alimento, mudanças climáticas e muitos outros, que precisam de solução.

Sabemos que o desenvolvimento tecnológico é um grande fator para enfrentarmos todos esses problemas. Com isso, cresceu-se muito a oportunidade do empreendedorismo científico, uma vez que os pesquisadores estão vendo um a oportunidade de aplicar seu conhecimento para solucionar os problemas sociais.

O cientista dedica anos da sua vida adquirindo conhecimento, e por que não esse conhecimento virar algum tipo de renda e, melhor, que ajude a solucionar determinados problemas? Afinal, nada melhor que um especialista para isso!

Vamos conhecer alguns cientistas empreendedores:

Dr. Atila Iamarino é um biólogo e pesquisador brasileiro de referência, que atualmente trabalha como Divulgador Científico. Seu Canal no Youtube “Nerdologia” têm mais de 3 milhões de inscritos. Atila foi um dos grandes cientistas protagonistas no Brasil pelo seu trabalho com divulgação de toda ciência que saia sobre na Pandemia da Covid-19, atuando no combate a desinformação e fake news.

O físico Dr. Vladimir Airoldi é pesquisador sênior do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais – INPE. Ele adaptou a tecnologia de diamantes sintéticos utilizados na indústria espacial para brocas odontológicas e outros equipamentos como brocas de perfuração de poços de petróleo. Hoje já exporta para países da América do Sul e Europa, e atingiu o faturamento de R$ 4 milhões em 2013. Airoldi começou a empresa em 1997, quando foi aprovado um projeto dentro do Programa Pesquisa Inovativa em Pequena Empresa (Pipe) da FAPESP (Pesquisa FAPESP).

O jovem biólogo Gilson Julião da Silva e seu sócio Reinaldo criou a Exterminex, prestadora de serviços de controle de pragas urbanas, é uma empresa que fatura quase R$ 2 milhões por ano. “Vi que esse mercado apresentava grande possibilidade de ganhos reais”, conta. “Mas também percebi que era carente de bons profissionais e de empresas sérias que visavam não só lucro, mas a satisfação do cliente.” (Diário do Comércio)

Graduanda de Bacharelado em Ciências Biológicas pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE). Fundou em 2016 o Blog Biologia para Biólogos e em 2017 a Bio Educação Digital, que se tornou um dos maiores blogs de divulgação científica do país, com mais de 50 mil alunos em vários países. Com a criação da Bio E.D. veio o CONABio, o COB, CONAAS, CONAZOO, congressos científicos pioneiros no formato online e diversos cursos e e-books na área. É membro do Laboratório de Estudos Herpetológicos e Paleoherpetológicos da UFRPE, pesquisadora associada ao Laboratório de Biologia da Anuros da UFCG e desenvolve pesquisas com herpetologia, ornitologia, divulgação científica e mercado de trabalho dos biólogos.