Notícia

O Popular (Goiânia, GO) online

Embrapa quer parceria com empresas

Publicado em 13 abril 2007

São Paulo - A Embrapa Agroenergia pretende finalizar até junho deste ano a primeira Sociedade de Propósito Específico (SPE) voltada para pesquisa e desenvolvimento na área de biocombustíveis. O projeto tem como objetivo formatar parcerias entre a iniciativa privada e o setor público para o desenvolvimento de novas tecnologias em escala comercial. "Identificamos um potencial de R$ 2 bilhões em investimentos para a constituição das SPEs", explicou Frederico Durães, chefe geral da Embrapa Agroenergia.

Um grupo de estudo formado pela Embrapa e pela Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), interlocutor com a iniciativa privada, discute os últimos detalhes das novas SPEs, definindo aspectos institucionais e legais da iniciativa, além de estabelecer as áreas de atuação. Entre as linhas de pesquisa em análise estão projetos de conversão industrial (co-geração, etanol celulósico, entre outros), de sistemas de produção, como o aperfeiçoamento de culturas para a produção de biodiesel, e de pesquisas em florestas energéticas (obtenção de carvão vegetal, por exemplo), entre outros.

Os projetos a serem desenvolvidos serão semelhantes à parceria vigente entre a Dedini e a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp) na unidade piloto de produção de etanol celulósico. (Agência Estado)