Notícia

DCI

Embraer e Boeing farão pesquisas

Publicado em 13 maio 2014

SÃO PAULO - A Embraer e a Boeing abrirão um centro de pesquisa conjunto para o desenvolvimento de uma indústria de biocombustível sustentável para aviação no Brasil, segundo comunicado enviado à imprensa nesta segunda-feira (12).

De acordo com o memorando de entendimento assinado pelas empresas, elas realizarão pesquisas conjuntas na área de biocombustível e financiarão e coordenarão esforços de pesquisa com universidades brasileiras e outras instituições. A pesquisa será concentrada em tecnologias para suprir lacunas na cadeia de suprimentos de biocombustível sustentável para aviação no Brasil, como produção de matérias-primas e tecnologias de processamento. O centro de pesquisa de biocombustível das empresas será localizado no Parque Tecnológico de São José dos Campos.

"A Boeing e a Embraer têm uma grande oportunidade de trabalhar em parceria para aprimorar as capacidades de biocombustível para aviação do Brasil, e também aumentar o acesso da indústria global ao biocombustível para aviação", afirmou Al Bryant, vice-presidente da Boeing Pesquisa & Tecnologia-Brasil, conforme nota enviada à imprensa.

Em 2013, a Boeing, a Embraer e a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP) finalizaram um plano de ação chamado "Plano de Voo para Biocombustíveis de Aviação no Brasil", que identificou lacunas em uma potencial cadeia de suprimentos de biocombustíveis. A pesquisa conjunta Boeing-Embraer ajudará a preencher essas lacunas.

DA REDAÇÃO