Notícia

Folha.com

Em testes, terapia brasileira elimina 95% dos tumores de pele não melanoma

Publicado em 08 abril 2019

Por Elton Alisson, da Agência FAPESP
Os pacientes com câncer de pele não melanoma poderão contar, em breve, com uma nova tecnologia para o tratamento não invasivo desse tipo de tumor cutâneo, o mais frequente no Brasil e no mundo. Um grupo de pesquisadores do Instituto de Física de São Carlos da Universidade de São Paulo (IFSC-USP) desenvolveu, nos últimos anos, um dispositivo para o diagnóstico e tratamento óptico do câncer de pele não melanoma com resultados promissores, principalmente na eliminação de tumores iniciais. O procedimento está em processo de [...]

Conteúdo na íntegra disponível para assinantes do veículo.